Cotidiano

Incêndio no Parque da Chapada dos Veadeiros começa a ser investigado

diario da manha

A Polícia Civil começou a investigar na última quarta-feira a hipótese de o incêndio na Chapada dos Veadeiros ser criminoso. O incêndio começou no dia 12 de outubro e até o momento já consumiu mais de 25% da vegetação do parque.

Segundo o delegado José Antônio Machado Sena, foram identificados dois pontos que deram início ao incêndio e nesta quinta-feira (26) será realizada perícia nestes locais. As informações são do G1.

Em entrevista coletiva o ministro do Meio Ambiente, Marcelo Cruz, revelou a versão de alguns moradores do local. Os habitantes alegaram ter visto um homem, que trafegava de moto no local e que ele teria entrado no parque com galões de gasolina.

O Ministro também pediu que a Polícia Federal investigue sobre a origem do incêndio. O delegado José Antônio explicou qual será o procedimento a ser seguido caso a PF assuma a apuração.

“Como o caso é emergencial, nós já começamos de imediato a apurar, pedir a perícia e tentar identificar os envolvidos. Caso a Polícia Federal comece a investigar, nós vamos repassar tudo aquilo que a gente colher e o inquérito vai ser prosseguido por eles. Enquanto isso a gente vai desempenhando o trabalho de apuração normalmente”, relatou.

Caso seja confirmado que o incêndio foi criminoso, os responsáveis irão responder por infringir a Lei de Crime Ambiental e também serão responsabilizados por expor a coletividade a riscos.

O Parque é a maior unidade de conservação de Cerrado do mundo e está localizado na região centro-oeste, em Alto Paraíso de Goiás. Há uma equipe de mais de 200 brigadistas e bombeiros trabalhando para conter o incêndio.

Comentários

Mais de Cotidiano