Cotidiano

Casal é detido suspeito de dopar e estuprar adolescentes

diario da manha

Um casal foi detido suspeito de estuprar várias garotas em Ubajara, no Ceará. A prisão aconteceu no último sábado (04/11) depois que familiares de uma das vítimas fizeram denúncia na Delegacia Municipal de Ubajara. Investigações iniciais apontam que ao menos 10 meninas foram violentadas.

De acordo com o delegado Rubani Pontes Filho, a mulher de 21 anos chamava as adolescentes para trabalhar como babá. Depois de algum tempo no local, as dopava com substâncias para dormir misturadas a suco de uva. O companheiro dela era acionado e estuprava as garotas.

“Ela agenciava no Centro da cidade as garotas de 14 e 15 anos. Quando conseguia uma, convidava para trabalhar em sua residência para cuidar do filho de três anos. Oferecia suco de uva, a pessoa ingeria a bebida, e após ela desmaiar, o marido aparecia e cometia o crime”, disse o delegado responsável pelo caso ao G1/Ceará.

Mensagens

No celular da suspeita, foi encontrado mensagens indicando local, um sítio na zona rural de Ubajara, e horário que as vítimas deveriam ir.

O delegado informou que uma das adolescentes disse em depoimento que após ingerir o suco não se lembrava do que estava acontecendo e só percebeu o estupro quando acordou.

A polícia, juntamente com o conselho tutelar da cidade, encaminhou a garota ao Instituto Médico Legal de Sobral, para ser submetida a exame de corpo de delito que comprovou o abuso.

Ainda segundo Pontes, casos similares a este estão sendo denunciados. “Estamos investigando outros crimes cometidos pelo casal. Já temos outros depoimentos colhidos. Sempre a mesma história. A mulher convida para o trabalho, oferece o suco de uva e [a criança] cai desacordada. Inclusive já temos o conhecimento de que uma jovem confirmou clinicamente o estupro”, comentou à imprensa.

 

Comentários

Mais de Cotidiano