Cotidiano

Acusado de matar namorada em acidente de trânsito vai a júri popular

diario da manha

Thiago César de Oliveira Guimarães acusado de matar a própria namorada,Andressa Raphaeli Ferreira Braz,vai a júri popular. A vítima morreu após o veículo que ele dirigia ter batido em um poste, na Avenida 85, no Setor Oeste, em Goiânia. Antes deste acidente, o homem já havia colidido com outro carro, no Setor Marista. De acordo com a denúncia do Ministério Público de Goiás (MPGO), o homem estava dirigindo embriagado.

O crime aconteceu no dia 15 de dezembro de 2014, quando o indiciado saiu embriagado de uma casa noturna em Goiânia. A defesa dele pediu a absolvição do réu, em razão da ausência de comprovação da embriaguez. Entretanto, provas técnicas e depoimentos testemunhas no local comprovam que o acusado tinha forte odor etílico e olhos avermelhados. Com isso, o juíz verificou que existem indícios nos autos da presença do dolo eventual na conduta do acusado ao dirigir em via pública, em estado de embriaguez e em alta velocidade.

De acordo com o Tribunal de Justiça de Goiás (TJGO), após a primeira colisão, Thiago tentou fugir do local, passando pela avenida 85, no Setor Sul, o motorista acabou perdendo o controle do automóvel, e bateu contra um poste de iluminação.

Com o impacto, o condutor foi arremessado para fora do veículo e a vítima, que estava sentada no banco do passageiro, acabou sofrendo lesões que causaram a sua morte ainda no local do evento, em virtude de ter sofrido traumatismo craniano.

(Foto: reprodução Internet)

Comentários

Mais de Cotidiano

3 de julho de 2019 as 15:11

Morre Wágner Nasser