Cotidiano

Em São Domingos, operação do MP-GO prende 5 em garimpo clandestino

diario da manha

Nesta terça-feira (12/12), uma operação deflagrada pelo Ministério Publico de Goiás (MP-GO) prendeu cerca de cinco pessoas em um garimpo clandestino de ouro em São Domingos, interior de Goiás. Segundo o MP-GO, ao menos 1kg de ouro era extraído por semana no garimpo, gerando em dois meses, um luco de cerca de R$ 1 milhão.

A operação batizada de Operação Montezuma teve início na manhã desta terça-feira, em conjunto com a Polícia Civil. De acordo MP-GO as investigações duraram cerca de um mês e ainda segundo o órgão, a próxima etapa é descobrir se existia a participação de empresários e tentar identificar os compradores do ouro.

De acordo com o Ministério Publico, o material era retirado após os garimpeiros cavarem túneis de mais de 10 metros de profundidade.

O cascalho e as pedras com resíduos de ouro eram triturados em um moinho escondido em um galpão. Após serem triturados, os garimpeiros usavam mercúrio para separar o ouro.

Ainda segundo o o órgão, estima-se que os garimpeiros retiraram aproximadamente 8 kg do minério precioso, e o preço do kg do ouro está cotado em 130 mil reais. O ouro retirado da jazida clandestina de São Domingos, era processado no distrito de Roda Velha, que fica no município de São Desidério, interior da Bahia.

Origem do nome da Operação

Montezuma, foi um líder asteca do século 17, explorado pelo espanhol Francisco Pizarro, que dominou o império indígena em busca de ouro.

Foto/MP/Divulgação

 

tags:

Comentários

Mais de Cotidiano