Cotidiano

USP recebe carta de ameças de suposto ataque terrorista

diario da manha

A Universidade de São Paulo, uma das mais renomadas do país, recebeu uma carta com ameaças de um suposto atirador. A superintendência de Segurança da instituição acionou a Polícia Cívil e registrou um boletim de ocorrência.

A carta, que chegou através do e-mail, se refere a um episódio que aconteceu semana passada. Em que estudantes expulsaram, com agressões físicas e verbais, um pesquisador e militante integralista de um evento promovido na instituição, em que ele foi impedido de falar.

O autor da carta promete aparecer no último dia de aula “para matar o maior número de viados, travestis, esquerdistas e feministas que aparecer na minha frente.”

O autor se identifica com o nome de Murilo Ianelli Chaves. A mensagem foi enviada a um e-mail da Faculdade de Letras da USP.

Ao final, ele ainda jura lealdade ao estado islâmico o Califa Al Baghdadi.

As informações são do Estadão.

Comentários

Mais de Cotidiano