Cotidiano

Recompensa de R$ 100 mil pode ser paga por informações da morte de Marielle e seu motorista

diario da manha
Foto:Divulgação

Após grande repercussão mundial que gira em torno das mortes da vereadora Marielle Franco (PSOL-RJ) e de seu motorista, Anderson Pedro Gomes, assassinados a tiros na ultima quarta-feira, 14, no Rio de Janeiro, o governo federal anunciou que estuda a possibilidade de pagar uma recompensa de R$ 100 mil para testemunhas que tenham informações que possam ajudar às autoridades a descobrir quem são os envolvidos no crime.

A informação foi divulgada pelo portal de notícias G1, que disse ainda que o Palácio do Planalto já deu “sinal verde” para o recurso. Lembrando que a legislação brasileira permite a recompensa financeira a pessoas que oferecem informações úteis para a prevenção, repressão de crime ou atos ilícitos administrativos.

Um balanço aponta que durante o fim de semana o Disque-Denúncia já recebeu 22 ligações com informações sobre o caso. Na segunda-feira, 19, foram 31. O serviço garante o anonimato e por isso, as autoridades fazem o apelo de que quem tiver qualquer informação sobre o crime denuncie.

Comentários

Mais de Cotidiano