Cotidiano

Mais vagas para idosos

diario da manha
“Acredito no êxito de parcerias público-privadas, e vamos fortalecê-las”, disse a primeira-dama(FOTO:DIVULGAÇÃO)

A presidente de honra da Or­ganização das Voluntárias de Goiás (OVG), Fabrina Müller, re­cebeu, na manhã de ontem, no 10º andar do Palácio Pedro Lu­dovico Teixeira, diretores do Lar São Vicente de Paulo, que tem sua matriz em Formosa. Eles pro­puseram parceria com o governo do estado para viabilizar obras de conclusão de uma casa de repou­so na cidade de Posse. A solici­tação, que já tramita na Agência Goiana de Habitação (Agehab), recebeu atenção especial da pre­sidente da OVG. “Acredito no êxi­to de parcerias público-privadas, e vamos fortalecê-las, a fim de ampliar o acolhimento e o cui­dado aos idosos de todo o esta­do”, afirma.

A meta é ampliar de 22 para 80 idosos na casa de repouso e aten­der demandas da região Nordeste. O diretor-geral do Lar, Lázaro Coe­lho da Costa, e o diretor financei­ro, Valdete Luis de Sousa, se fize­ram acompanhar do padre Daniel de Paula, pároco de Posse, e do doutor Eltim, ex-prefeito daquele município. Eles apresentaram o projeto da nova Casa de Repou­so Sagrada Família, que está sen­do erguida à margem da Avenida Juscelino Kubitschek e já tem qua­tro residências concluídas. “Falta construir outras quatro, o refeitó­rio, almoxarifado e área adminis­trativa”, informou Lázaro Coelho.

De acordo com o projeto, que inclui muro, pavimentação de áreas internas e jardins, a nova unidade terá cinco quartos em cada uma das oito casas com ca­pacidade para duas pessoas em cada aposento, totalizando 80 va­gas para idosos. Dos R$ 500 mil aplicados na obra até o momen­to, R$ 60 mil são oriundos de um Cheque Comunitário da Agehab. Segundo o diretor-geral, atual­mente a Casa de Repouso funcio­na de forma provisória em insta­lações precárias próximo à Praça Mãe Loló, e atende 22 pessoas.

Para a conclusão do projeto de construção da nova casa de repouso, segundo estimativas e orçamentos realizados pelo Lar São Vicente de Paulo, serão ne­cessários de R$ 800 mil a R$ 1 mi­lhão, incluindo 900 metros qua­drados de muro. Fabrina Müller observou que, nessa parceria en­tre governo e instituições priva­das, o esforço de cada um é mui­to importante. Ela pediu apoio do pároco Daniel de Paula, no sen­tido de mobilizar a comunida­de de Posse na cooperação com essa importante obra que atende­rá toda a região Nordeste.

O Lar São Vicente de Paulo iniciou campanha para estimu­lar doações. Os telefones para contato são: (62) 3481 3875 e (62) 9677 9704. Uma conta bancária também foi divulgada: Banco do Brasil, Agência 0606, Conta Cor­rente 25377-4.

tags:

Comentários

Mais de Cotidiano