Cotidiano

Cachorro que esperava dono há dois anos na porta do hospital morre atropelado

diario da manha

Um cachorrinho que viveu dois anos na porta de um hospital à espera do dono, morreu atropelado na manhã desta terça-feira (15/05). O cão apelidado de Negão Cardoso vivia no pátio de um centro de saúde, em Balneário Camboriú (SC), desde que seu dono morreu.

Ele passou a morar no local quando seu dono, que era catador de papelão, foi atropelado nas ruas da cidade, em 2016. Quando viu o dono sofrer o acidente e ser levado pela equipe de socorro, Negão foi correndo ao lado da ambulância até o hospital.

O  catador de papelão, dono de Negão morreu pouco tempo depois do acidente e a equipe do centro de saúde não deixou o bichinho se despedir dele. Desde então, o cãozinho ficou no local na esperança de que o amigo ainda estivesse internado e voltasse para buscá-lo.

De acordo com o portal Extra, várias pessoas tentaram tirar o animalzinho do pátio do pronto-socorro, mas ele sempre voltava para lá e esperava seu amigo.

Nesta terça-feira (15/05), Negão estava no estacionamento do hospital quando foi atingido por um motorista. Ele não resistiu aos ferimentos.

(Foto destacada: Reprodução/ ONG Viva Bicho)

Comentários

Mais de Cotidiano