Cotidiano

UFG decide suspender aulas devido a paralisação dos caminhoneiros

diario da manha

 

A reitoria da Universidade Federal de Goiás (UFG) divulgou nesta terça-feira (29/05) que irá suspender as aulas dos cursos de Graduação, Pós-Graduação e Educação Básica na Regional Goiânia a partir desta quarta-feira (30/05). Segundo a nota, a decisão foi motivada pelos desdobramentos da paralisação dos caminhoneiros que completa hoje dez dias e tem afetado o abastecimento de combustível em vários municípios brasileiros, inclusive na grande Goiânia. As aulas deverão retornar na segunda-feira (04/06).

A UFG informou que o desabastecimento tem comprometido que alunos e professores tenham acesso às unidades acadêmicas. A decisão considera ainda a demanda dos estudantes, representados pelo Diretório Central dos Estudantes (DCE) e por vários Centros Acadêmicos (CA) da Universidade.

A reitoria solicitou ainda no texto a compreensão das chefias imediatas da regional de Goiânia pela ausência de servidores(as) técnico-administrativos que tenham impossibilidade de se deslocar até a UFG. E, mais uma vez, recomendou que flexibilizem o registro da frequência.

Os serviços essenciais administrativos, concursos públicos e de atendimento à população, sobretudo hospitalares, serão mantidos, de acordo com o planejamento dos diversos órgãos da instituição. Por fim, pede à comunidade que compreenda eventuais descontinuidades em alguns serviços prestados pela UFG.

IFG

Seis campus do Instituto Federal de Goiás (IFG) no interior do estado tiveram as suas aulas suspensas são elas: Águas Lindas, Formosa, Inhumas, Jataí e Valparaíso.

 

 

Comentários

Mais de Cotidiano