Cotidiano

Devido ao tempo seco, Inmet emite alerta de perigo em Goiás

diario da manha

Devido a falta de chuvas neste período do ano, Goiânia vem apresentando uma umidade relativa do ar baixa, entre 30% e 20%. Para Organização Mundial de Saúde (OMS), esses números são considerados baixos, sendo que o ideal seja acima de 60%.

Com isso, o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu esta quinta-feira (19/07), um alerta de perigo potencial para  para os estados de Goiás, Tocantins, Mato Grosso e Rondônia. O órgão também alerta sobre os riscos de incêndios florestais e de problemas relacionados à saúde, uma vez que, o tempo seco costuma aumentar as crises de asma e infecções virais e bacterianas, além de favorecer a doenças oculares e alergias.

Para a OMS a umidade considerada aceitável é entre 60% e 30%. Já abaixo de 30% e acima de 20% representa estado de atenção e abaixo 20% representa estado de alerta. Quando em alguns casos, o nível de umidade relativa do ar fica abaixo de 12%, é declarado estado de emergência.

Segundo o site Climatempo, a perspectiva é de que, a umidade relativa do ar chegue aos 26% na tarde desta sexta-feira (20/07). No início do dia os termômetros registraram uma temperatura mínima de 14ºC e a e a máxima prevista é de 32ºC durante o dia. O Inmet alerta ainda que o tempo seco deve continuar nos próximos dias.

Confira alguns cuidados que devem ser tomados durante este tempo de baixa umidade relativa do ar: 

– Beba bastante água;

– Use chapéu ou óculos escuros;

– Use produtos para hidratar a pele;

– Fique atento à hidratação de idosos, crianças e animais;

– Evite exercícios físicos em horários mais quentes, entre 10h e 16h;

– Evite fazer faxina utilizando vassouras, por conta da poeira no ar;

– Use vaporizadores ou toalhas molhadas nos ambientes;

– Mais atenção para não provocar queimadas.

(Foto/Reprodução Internet)

Comentários

Mais de Cotidiano