Cotidiano

Servidores de Goiânia anunciam paralisação de dois dias

diario da manha

Foi aprovado em uma assembleia unificada de diversas entidades representativas, no  Fórum dos Servidores Municipais de Goiânia a paralisação de dois dias de trabalho, nesta quarta e quinta-feira (14 e 15/08), respectivamente. A paralisação tem como finalidade possibilitar que os trabalhadores possam acompanhar a tramitação do projeto da reforma da Previdência na Câmara Municipal de Goiânia.

A esperança era de que a matéria fosse analisada na Comissão de Constituição, Justiça e Redação na sessão desta quarta-feira (15/08).Porém, o relator do projeto, vereador Wellington Peixoto (MDB) disse que não recebeu o projeto para que elaborar um parecer.

O Fórum dos Servidores Municipais de Goiânia apresentou na última semana para a  à Comissão um documento com propostas de emendas ao projeto de Lei complementar que reestrutura o Instituto de Previdência Social dos Servidores Municipais (IPSM).

A alíquota de contribuição dos servidores está entre um dos principais pontos. O Fórum sugere que seja de 11%. Na proposta enviada pelo Executivo, as alíquotas seriam de 12% a partir de 2019, com o aumento de 1% em 2020 e em 2021, sendo de 13% e 14% respectivamente.

(Fotos: Edu Guimarães/SMABC/Ilustrativa)

Comentários

Mais de Cotidiano