Cotidiano

Aumentam casos de complicações neurológicas em pacientes com Chikungunya

diario da manha

A chikungunya é uma doença nova no Brasil. Por isso a consequência dela nos pacientes infectados ainda não são totalmente desconhecidas. As complicações como os  casos de meningite, por exemplo,chamaram a atenção dos pesquisadores, já que é uma doença grave, que afeta o sistema nervosos central.

Segundo o  infectologista da Fiocruz, André Siqueira, “Já era descrito em outros países que a Chikungunya podia levar alterações para o sistema nervoso central.  A partir do momento que o mosquito se espalhou no país, causando surtos em diversas regiões, foi observado  em paralelo, que também houve um aumento de casos de internação e  e complicação neurológica como meningite, encefalite e alterações dos nervos periféricos.”

Os pesquisadores  dizem que o vírus da chikungunya tem a tendência de atacar o sistema nervoso central, aproveitando da  baixa imunidade dos pacientes para  romper a barreira de proteção entre o sangue e o cérebro.

Sintomas como excesso de sono, alterações motoras e delírio podem indicar comprometimento neurológico.

De acordo com o infectologista, a chikungunya  é transmitida pelo mosquito Aedes aegypti, o mesmo mosquito da dengue, da zika e da febre amarela. Por isso  ele indica que para prevenir a transmissão no combate ao  mosquito, é indispensável o uso de repelentes em toda comunidade.

 

tags:

Comentários

Mais de Cotidiano