Cotidiano

Damares faz parceria com universidades particulares para prevenir suicídio de estudantes

diario da manha

A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH), Damares Alves, assinou nesta terça-feira (07/05), juntamente Beth Guedes, presidente da Associação Nacional das Universidades Particulares (Anup), um termo de cooperação voltado para prevenção de suicídio e automutilação dos estudantes.

O tema é uma das principais bandeiras de Damares e faz parte das metas dos 100 dias do governo Bolsonaro. Além disso, o acordo faz parte da campanha “Acolha a Vida”, que tem o objetivo de prevenir e combater este problema entre crianças, adolescentes e jovens.

A parceria tem como objetivo criar na grade de formação de professores uma disciplina que os ajude a lidar com as situações em que alunos provocam cortes no próprio corpo para, dessa forma, orientarem os pais da melhor maneira. Além disso, a parceria prevê a criação de núcleos de atendimento a estudantes em sofrimento grave em todas as instituições de ensino abrangidas pela Anup.

Segundo a Associação, 75% dos profissionais de educação são formados em instituições particulares, o que daria capilaridade à medida. Ainda segundo a ministra do MMFDH, o início do serviço ainda não tem data, mas deve ocorrer após a formação dos atendentes.

Comentários

Mais de Cotidiano

3 de julho de 2019 as 15:11

Morre Wágner Nasser