Cotidiano

Militar do Exército mantém família refém por quase 14 horas

diario da manha

Um tenente-coronel do Exército, identificado como André Luiz, 50 anos, se entregou à polícia, na manhã desta quarta-feira (15), após manter a família refém por quase 14 horas dentro do apartamento no bairro de Cascadura, na Zona Norte do Rio de Janeiro. O homem não aceitava o fim do casamento.

Policiais militares do Batalhão de Operações Especiais (Bope) negociaram, desde às 20 horas de terça-feira (14), a rendição do militar. Após   horas de negociação o militar se entregou e foi conduzido para a delegacia. A família respirou aliviada

Durante o sequestro, o homem manteve os filhos gêmeos, de 11 anos, na porta da residência para que os policiais não entrasse no local.

Parentes da esposa do militar contaram à reportagem que a mulher, de 45 anos tentou se separar do homem há um ano e que a mesma teria feito vários boletins de ocorrências contra o companheiro. Familiares descreveram o homem como “ciumento” e que chegou ao ponto de determinar que a mulher saísse apenas com um filho por vez, com medo que ela fugisse com as duas crianças. As informações são do Portal O Dia.

Comentários

Mais de Cotidiano

3 de julho de 2019 as 15:11

Morre Wágner Nasser