Cotidiano

Morre Frei Marcos o defensor dos Direitos Humanos

diario da manha

Religioso, que lutou pela saúde e direitos humanos na cidade de Goiás, foi sepultado nesta terça-feira na antiga Vila Boa. Representantes da igreja, política, cultura e movimentos sociais prestaram sua última homenagem

Rariana Pinheiro

Um dos padres mais ativos na luta a favor dos movimentos sociais e da saúde na cidade de Goiás, Frei Marcos Lacerda de Camargo, foi sepultado nesta terça-feira (27) no jazido da histórica Igreja Nossa Senhora do Rosário, na antiga Vila Boa. Ele tinha 88 anos e lutava contra as complicações de uma pneumonia.

O velório aconteceu durante todo dia também na história igreja, onde o religioso passou parte da vida, no convento da Igreja Nossa Senhora do Rosário. Boa parte das paróquias da diocese de Goiás (padres e leigos) estiveram na despedida do frei, bem como representantes de diversas áreas da cidade que se reuniram no espaço.

Frei Marcos teve uma vida de batalhas. Era presidente da Associação de Saúde São Pedro de Alcântara (Aspag) e, desde 2017, em meio à graves crises financeiras do hospital, construía bravamente a primeira clínica de hemodiálise do município. “A saúde deveria ser um dever do Estado, mas como não possuímos, em totalidade, este serviço, estamos contando com a doação da comunidade, não apenas da cidade de Goiás, como toda região para a finalização desta obra”, comentou Frei Marcos, em entrevista ao Diário da Manhã, publicada ano passado.

Por sua vida dedicada à saúde, a diretoria e funcionários da saúde do município, como do hospital São Pedro e do Asilo São Vicente de Paula prestaram homenagens com cartazes, flores e faixas.

Políticos, como o deputado Carlos Cabral, o prefeito Sanclerlândia Itamar Leão, além do pai do ex-governador Marconi Perillo, também chamado Marconi Ferreira Perillo – representando o filho – também estiveram na Igreja do Rosário.

Corpo do religioso foi velado na histórica Igreja do Rosário, onde ele passou parte da vida

A prefeita da cidade de Goiás, Selma Bastos, que era amiga pessoal de Frei Marcos, decretou feriado ponto facultativo nesta terça-feira (27) e sete dias luto oficial em todo município de Goiás. Ela também esteva presente e muito emocionada na despedida. No perfil da prefeitura no Instagram, foi publicada uma foto do frei segurando uma foto de Cora Coralina, com o seguinte texto:

“A cidade de Goiás está em luto pelo falecimento de Frei Marcos Lacerda, Frei Dominicano e grande incentivador dos artesões na cidade de Goiás, valorizando o trabalho associativo e solidário. Que suas lições de respeito e solidariedade continuem ecoando entre nós”.

MILITANTE

Por ser um defensor ávido dos direitos humanos e movimentos sociais como a Reforma Agrária, estiveram presente no velório diversos representantes dos movimentos sociais e culturais da cidade.

A igreja, lotada, recebeu apresentações de Congo e homenagens da Folia do Espírito Santo, Folia de Reis e grupo de capoeira angola. A academia também se despediu do frei e compareceram no velório diretores, professores e alunos das três universidades da cidade (UFG, UEG e IFG). Crianças do Lar São José também despediram do religioso trazendo carinho e músicas.

Comentários

Mais de Cotidiano