Cotidiano

Tira dúvidas Enem 2019

Tire todas as suas dúvidas do Enem 2019.

diario da manha

Para que serve o Questionário Socioeconômico?

No primeiro tópico do tira dúvidas Enem 2019, vamos falar do temido questionário Socioeconômico que nada mais é do que informações sobre você, sua família e seus estudos, ele subsidia estatísticas e estudos sobre a educação brasileira.

O participante deve responder de acordo com sua realidade. Não existem respostas certas ou erradas.

O participante é o responsável pelo preenchimento correto e exato das informações. Se for constatado que o participante declarou informações falsas ou inexatas ele será eliminado do Enem. Nesse caso, também poderão ser aplicadas outras penalidades previstas em lei. Os dados informados no Questionário Socioeconômico não podem ser alterados.

Nesse caso, também poderão ser aplicadas outras penalidades previstas em lei. Os dados informados no Questionário Socioeconômico não podem ser alterados.

Enem terá aplicação digital em 2020 em fase piloto

Se eu estiver internado no dia da prova por algum problema de saúde, poderei realizar as provas em condições especiais como ‘estudante em classe hospitalar’?

Não. Aqui é importante esclarecer que a condição de classe hospitalar não é aquela onde, por exemplo, o inscrito esteja internado para realização de partos, cirurgias ou tratamentos esporádicos nas datas de prova, ou casos de pessoas que trabalhem na área hospitalar.

Só é considerado participante em situação de Classe Hospitalar aquele cujo processo formal de escolarização ocorre no interior de instituição hospitalar ou afim, na condição de estudante internado para tratamento de saúde.

Os participantes em situação de classe hospitalar deverão informar sua condição durante as inscrições para garantir atendimento específico, indicando a opção “Classe Hospitalar” em campo próprio do Sistema de Inscrição e apresentando, durante o período de inscrição, declaração do hospital em que estiver internado para tratamento de saúde, informando a disponibilidade de instalações adequadas para a aplicação do Exame.

A declaração deve conter o nome completo do participante internado e o seu CPF; o diagnóstico, com a descrição da condição que motivou a solicitação; o nome e o endereço completo do hospital, com UF/município, bairro, logradouro e CEP; a assinatura e a identificação do médico e/ou profissional especializado responsável. O documento deve ser legível para análise e nos formatos PDF, PDF, PNG ou JPG, com o tamanho máximo de 2MB.

Que documentos de identificação deverei providenciar para os dias de prova?

O Inep só aceita documentos originais oficiais com foto para identificação nos dois dias de prova. Não são aceitas cópias, mesmo que autenticadas, nem documentos em versão digital. Portanto, atenção: se você não tem nenhum documento original de identificação por motivo de extravio, perda, furto ou roubo, deverá providenciar nova documentação ou ter em mãos, nos dias de prova, um boletim de ocorrência emitido por órgão oficial há, no máximo, noventa dias antes do primeiro dia de prova.

Os documentos aceitos pelo Inep para identificação são:

 a) Cédulas de Identidade expedidas por Secretarias de Segurança Pública, Forças Armadas, Polícia Militar e Polícia Federal;

 b) Identidade expedida pelo Ministério da Justiça para estrangeiros, inclusive aqueles reconhecidos como refugiados, em consonância com a Lei nº 9.474, de 22 de julho de 1997;

 c) Carteira de Registro Nacional Migratório, de que trata a Lei nº 13.445 de 24 de maio de 2017;

 d) Documento Provisório de Registro Nacional Migratório, de que trata o Decreto nº 9.277 de 5 de fevereiro de 2018;

 e) Identificação fornecida por ordens ou conselhos de classes que por lei tenha validade como documento de identidade;

 f) Carteira de Trabalho e Previdência Social, emitida após 27 de janeiro de 1997;

 g) Certificado de Dispensa de Incorporação;

 h) Certificado de Reservista;

 i) Passaporte;

 j) Carteira Nacional de Habilitação, na forma da Lei nº 9.503, de 23 de setembro de 1997;

 k) Identidade funcional em consonância com o Decreto nº 5.703, de 15 de fevereiro de 2006.

Não serão aceitos documentos como protocolos, certidão de nascimento ou casamento, título eleitoral, carteira de habilitação no padrão antigo (sem foto), carteira de estudante, Registro Administrativo de Nascimento Indígena (Rani), crachás e identidade funcional de natureza privada etc.

Provas do Enem serão aplicadas nos dias 3 e 10 de novembro

O que “cai” no Enem?

As provas do Enem são estruturadas a partir das Matrizes de Referência , disponíveis no Portal do Inep .

O exame é constituído de quatro provas objetivas com 45 questões de múltipla escolha cada e uma redação em Língua Portuguesa. As provas objetivas e a redação avaliarão as seguintes áreas de conhecimento do ensino médio e os respectivos componentes curriculares:

Linguagens, Códigos e suas Tecnologias e Redação: Língua Portuguesa, Literatura, Língua Estrangeira (Inglês ou Espanhol), Artes, Educação Física e Tecnologias da Informação e Comunicação

Ciências Humanas e suas Tecnologias: História, Geografia, Filosofia e Sociologia

Ciências da Natureza e suas Tecnologias: Química, Física e Biologia

Matemática e suas Tecnologias: Matemática

No dia da prova

Quais as provas em cada dia de aplicação do Enem?

No dia 3 de novembro serão aplicadas as provas de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Redação e Ciências Humanas e suas Tecnologias. A aplicação terá cinco horas e trinta minutos de duração, contadas a partir da autorização do aplicador para o início das provas.

No dia 10 de novembro serão aplicadas as provas de Ciências da Natureza e suas Tecnologias e Matemática e suas Tecnologias. A aplicação terá cinco horas de duração, contadas a partir da autorização do aplicador para o início das provas.

A que horas devo chegar para fazer a prova?

Você deve chegar com antecedência ao seu local de prova. Os portões de acesso serão abertos às 12h e fechados às 13h, de acordo com o horário de Brasília-DF. Após o fechamento dos portões, ninguém mais entra.

Que horas terminam as provas?

A aplicação das provas começa às 13h30 e termina às 19h, no primeiro dia, e às 18h30, no segundo dia (horário de Brasília-DF).

A aplicação de provas para participante que tiveram solicitação de tempo adicional aprovado, terá início às 13h30 e término às 20h, no primeiro dia, e às 19h30, no segundo dia (horário de Brasília-DF).

No caso da aplicação de provas para participante que tiveram solicitação de recurso de videoprova em libras aprovado, terá início às 13h30 e término às 21h, no primeiro dia, e às 20h30, no segundo dia (horário de Brasília-DF).

Minha foto no documento oficial original está ilegível ou muito diferente do que sou hoje. Terei problemas por isso?

Não. O participante que apresentar a via original do documento oficial de identificação danificado, ilegível, com foto infantil ou com fisionomia diferente, que não permita a completa identificação dos seus caracteres essenciais ou de sua assinatura, poderá prestar as provas desde que se submeta à identificação especial por meio de coleta de dado biométrico, informações pessoais e assinatura em formulário próprio.

Preciso apresentar uma declaração ao meu trabalho. O Inep fornecerá declaração de comparecimento às provas?

Sim, mas apenas nos dias de aplicação de prova. O Inep disponibilizará Declaração de Comparecimento exclusivamente no endereço enem.inep.gov.br/participante , mediante informação de CPF e senha. O participante interessado deverá apresentar a declaração impressa ao aplicador nos dias de prova, ainda antes de entrar na sala, para confirmação de sua presença. Depois, deverá guardar o documento com os demais objetos proibidos dentro do envelope porta-objetos.

O Inep não disponibilizará Declaração de Comparecimento posteriormente ou por outros meios.

Posso fazer a prova com estojo, lápis, borracha, régua etc.?

Não. Apenas é permitido o uso de caneta esferográfica transparente de tinta preta para realização das provas e rascunhos.

Posso levar lanche?

Sim. Importante saber que todos os produtos que você levar passarão por vistoria do aplicador.

Posso entrar com celular na sala de provas?

Se você estiver com telefone celular e outros equipamentos e itens não permitidos, irá receber um envelope porta-objetos para guardá-los devidamente desligados, ainda antes de entrar na sala de aplicação. O envelope com seus objetos será lacrado e identificado, e você deverá mantê-lo sob a carteira até a saída definitiva as provas.

Atenção! O participante será imediatamente excluído do exame se houver algum sinal de toque de celular ou funcionamento de quaisquer aparelhos eletrônicos, ainda que devidamente acondicionados em envelope porta-objetos próprios – portanto, é imprescindível que estejam desligados antes de guardá-los.

Quais pertences são proibidos na sala de prova?

É proibido entrar na sala de provas utilizando telefone celular e outros equipamentos eletrônicos como wearable tech, máquinas calculadoras, agendas eletrônicas e/ou similares, telefones celulares, smartphones, tablets, ipods®, gravadores, pen drive, mp3 e/ou similar, relógio, alarmes, chaves com alarme ou com qualquer outro componente eletrônico, fones de ouvido e/ou qualquer transmissor, gravador e/ou receptor de dados, imagens, vídeos e mensagens. Também não são permitidos lápis, caneta de material não transparente, lapiseira, borrachas, réguas, corretivos, livros, manuais, impressos, anotações.

Caso o participante chegue portando esses pertences, deverá guardá-los, antes de entrar em sala, em envelope porta-objetos. Este envelope porta-objetos será lacrado e identificado e deverá ser mantido pelo participante debaixo da carteira desde o ingresso na sala até a saída definitiva do local de provas.

Poderei ir ao banheiro durante a prova?

Sim, acompanhado por um fiscal de prova.

Se eu perceber erros em meu material de prova durante a conferência, o que devo fazer?

Se notar qualquer ocorrência em relação ao Caderno de Questões, ao Cartão-Resposta, à Folha de Redação e aos demais documentos do Enem você deve reportar-se imediatamente ao aplicador da sala para que sejam tomadas as providências.

O Inep vai considerar minhas marcações no caderno de prova e rascunho para minha nota?

Não. Rascunhos e marcações eventualmente assinaladas nos Cadernos de Questões não serão corrigidos.

Em que situações um participante pode ser eliminado do Enem?

Será eliminado do Enem, a qualquer momento e sem prejuízo de demais penalidades previstas em lei, o participante que:

 Prestar, em qualquer documento ou no Sistema de Inscrição, declaração falsa ou inexata.

 Perturbar, de qualquer modo, a ordem no local de aplicação das provas, o que será considerado comportamento indevido.

 Comunicar-se verbalmente, por escrito ou por qualquer outra forma, com qualquer pessoa que não seja o aplicador ou o fiscal, a partir das 13h (horário de Brasília-DF).

 Utilizar, ou tentar utilizar, meio fraudulento em benefício próprio ou de terceiros em qualquer etapa do exame.

 Utilizar livros, notas, papéis ou impressos durante a aplicação do exame.

 Ausentar-se da sala de provas, a partir das 13h (horário de Brasília-DF), sem o acompanhamento de um fiscal.

 Ausentar-se da sala de provas, em definitivo, antes de decorridas duas horas do início das provas.

 Não entregar ao aplicador, ao terminar as provas, o Cartão-Resposta, a Folha de Redação e a Folha de Rascunho.

 Não entregar ao aplicador o Caderno de Questões, exceto se deixar em definitivo a sala de provas nos 30 minutos que antecedem o término das provas.

 Recusar-se entregar ao aplicador o Cartão-Resposta e a Folha de Redação após decorridas 5h30 de provas, do primeiro dia, e 5h de provas, do segundo, salvo nas salas com tempo adicional ou com videoprova em libras.

 Ausentar-se da sala com o Cartão-Resposta ou qualquer material de aplicação, com exceção do Caderno de Questões, ao deixar em definitivo a sala de provas nos 30 minutos que antecedem o término das provas.

 Realizar anotações no Caderno de Questões, Cartão-Resposta, Folha de Redação, Folha de Rascunho e/ou demais documentos do Exame, antes de autorizado o início das provas pelo aplicador.

 Descumprir as orientações da equipe de aplicação durante a realização do Exame.

 Violar quaisquer das vedações constantes no edital.

 Recusar-se, injustificadamente, a qualquer momento, a ser submetido à revista eletrônica, coleta de dado biométrico e ter seus objetos revistados eletronicamente.

 Não aguardar em sala de provas, das 13h às 13h30 (horário de Brasília-DF), para procedimentos de segurança, exceto para a ida ao banheiro acompanhado por um fiscal.

 Iniciar as provas antes das 13h30 (horário de Brasília-DF) ou da autorização do aplicador.

 Não permitir que o lanche seja vistoriado pelo aplicador.

 Não permitir que os artigos religiosos, como burca, quipá e outros, sejam revistados pelo aplicador.

 Portar, ao ingressar em sala de provas, lápis, caneta de material não transparente, lapiseira, borrachas, réguas, corretivos, livros, manuais, impressos, anotações e quaisquer dispositivos eletrônicos, tais como: wearable tech, máquinas calculadoras, agendas eletrônicas e/ou similares, telefones celulares, smartphones, tablets, ipods®, gravadores, pen drive, mp3 e/ou similar, relógio, alarmes, chaves com alarme ou com qualquer outro componente eletrônico, fones de ouvido e/ou qualquer transmissor, gravador e/ou receptor de dados, imagens, vídeos e mensagens, usar óculos escuros e/ou artigos de chapelaria (boné, chapéu, viseira, gorro ou qualquer acessório que cubra os cabelos ou as orelhas).

O que mais não pode?

Não permitir que os materiais próprios, como máquina Perkins, reglete, punção, sorobã ou cubaritmo, caneta de ponta grossa, assinador, régua, óculos especiais, lupa, telelupa, luminária e/ou tábuas de apoio, sejam revistados pelo aplicador.

Portar armas de qualquer espécie, exceto para os casos previstos no art. 6º da Lei nº 10.826, de 22 de dezembro de 2003.

Receber, de qualquer pessoa, informações referentes ao conteúdo das provas.

Realizar anotações em outros objetos ou qualquer documento que não seja o Cartão-Resposta, o Caderno de Questões, a Folha de Redação e a Folha de Rascunho.

Permanecer no local de provas, após fechamento dos portões, sem documento de identificação válido.

Utilizar qualquer dispositivo eletrônico no local de provas, entendido como as dependências físicas onde será realizado o exame.

Ingressar na sala de provas com o telefone celular e/ou quaisquer outros equipamentos eletrônicos fora do envelope porta-objetos fornecido pelo aplicador.

Não manter aparelhos eletrônicos como celular e tablet, desligados no envelope porta-objetos desde o ingresso na sala de provas até a saída definitiva da sala de provas.

Se o aparelho eletrônico, ainda que dentro do envelope porta-objetos, emitir qualquer tipo de som, como toque ou alarme, o participante será eliminado do exame.

Não mantiver, debaixo da carteira, o envelope porta-objetos, lacrado e identificado desde o ingresso na sala de provas até a saída definitiva da sala provas.

tags:

Comentários

Mais de Cotidiano