Cotidiano

Elas orgulham Goiás: 25 mulheres que mudaram nossa história

No Dia Internacional da Mulher saiba quem são as profissionais, escritoras, juristas, musicistas, políticas e atletas que marcaram a história de Goiás

diario da manha

Goiás é um estado privilegiado pela presença de mulheres fantásticas. Lembrar de cada uma delas no Dia Internacional da Mulher não é fácil. Elas se destacam em várias áreas de conhecimento. São criativas, inusitadas, íntegras, honestas, educadas, religiosas, persistentes, guerreiras, ousadas…
Os atributos são inúmeros.  O “Diário da Manhã” recorda numa página as 25 personalidades femininas  que civilizaram Goiás, dando ao Estado mais cultura e reconhecimento nacional e internacional. 
Várias delas ainda estão vivas e tornam-se, a cada ano, ‘mitos’ da cultura goiana. São escritoras, esportistas, juristas, políticas, musicistas.  Verdadeiras heroínas. 
O DM não coloca um ponto final na lista. Maria de Lourdes Stivalet Teixeira, Gercina Borges Teixeira, Yêda Schmaltz, Ely Camargo, Lena Castello Branco, dentre outras, deveriam estar presentes nesta e em outras listas.  Não é possível cercear tanta criatividade, proeminência, inteligência e importância em um espaço limitado.  
Nas próximas linhas, conheça aquelas que são essenciais refletirmos sobre este Dia Internacional da Mulher.   

Resultado de imagem para ama lia hermano

Amália Hermano (1916 – 1991)
Jornalista, advogada, geógrafa e botânica goiana, Amália foi um talento múltiplo. Atuou em diversas frentes, caso da pesquisa e educação. Professora da UFG, participou de grupos de debate para instituir no país uma Lei de Diretrizes de Bases (LDB). Uma de suas obras mais determinantes é “História de Goiás”, editada após sua morte. Nasceu em Natividade (TO).

Resultado de imagem para Ana Braga vereadora

Ana Braga (1923 – )
Nasceu em Peixe Canguçu (hoje Tocantins). Foi eleita com apenas 24 anos para exercer mandato na Câmara Municipal de Goiânia. Era culta, com formação em filosofia e direito.  Em 1947, assumiu a missão de escrever as primeiras atas da casa de leis. Integrava a oposição na casa, sofrendo com o machismo, que driblava com seu impressionante protagonismo.   Abriu faculdades no interior goiano, tornou-se educadora. Fundou a UDN em Goiás. Considerada uma das mulheres mais íntegras de Goiás. 

Resultado de imagem para Ana Maria Pacheco
Foto: wallspace.org.uk

Ana Maria Pacheco (1943-)
Nasceu em Goiânia. É artista plástica e musicista com formações distintas na Universidade Católica de Goiás (UCG) e Universidade Federal de Goiás (UFG). Na década de 1970, foi para Londres, onde se aprimorou com Bolsa do Conselho Britânico do Rio de Janeiro. Lecionou arte nas universidades da Escócia, Inglaterra e Irlanda. Suas obras figuram nos maiores acervos do mundo. É a artista goiana mais internacionalizada.  

Resultado de imagem para Belkiss Spenciere

Belkiss Spenciere (1928-2005)
Nasceu na Cidade de Goiás e assumiu a missão dada pela avó Nhanhá do Couto: disseminar a música clássica no Estado. Tornou-se uma das principais pianistas brasileiras, fundou o conservatório de música, que futuramente será transformado em Escola de Música e Artes Cênicas (Emac) da UFG. Foi uma das principais intérpretes de música brasileira, caso das obras de Camargo Guarnieri e Villa Lobos. Integrou a Academia Brasileira de Música (ABM).

Resultado de imagem para Berenice Artiaga

Berenice Artiaga (1916-2012)
Nascida na Cidade de Goiás, foi a primeira deputada estadual goiana. Eleita em 1951, ela trouxe para o parlamento os dilemas femininos e as dificuldades enfrentadas pelas mulheres diante do machismo goiano.  Substituiu a candidatura do marido, Getúlio Artiaga, quando este foi assassinado ao tentar separar uma briga.  Foi professora , tabeliã e funcionária pública. 

Celina Turchi (1952-     )
Nasceu em Cidade de Goiás. Celina Turchi tem mestrado em epidemiologia pela London School of Hygiene & Tropical Medicine (UK) e doutorado pelo Departamento de Medicina Preventiva da USP. Em 2017 entrou para a lista dos 100 mais influentes do mundo. A “Nature” a classificou dentre as dez maiores cientistas do mundo. É uma das principais líderes de pesquisas que tratam do Zika Vírus e da microcefalia.

Resultado de imagem para Célia Câmara Goiania o popular

Célia Câmara (1923 – 1998)
Pioneira na produção de jornalismo televisivo feminino, Célia nasceu em Jacarezinho (PR) e se casou com Jaime Câmara em 1943. Com a criação do programa “Mulher”, Célia trouxe para o Estado debates determinantes sobre a condição feminina, arte e cultura. É considerada uma das principais mecenas do cenário cultural goiano, com a criação de espaços como a Casa Grande Galeria de Arte e a Fundação Jaime Câmara.

Ilustração do livro “Chica Machado – um mito goiano”, de Adélia Freitas

Chica Machado (cc 1750)
Negra comprada como escrava aos 13 anos por comerciante português, tornou-se mulher de destaque na sociedade da época, na região de Niquelândia. Com o ouro que tinha, comprava escravos para libertá-los. Gratos, eles passaram a seguir Chica Machado.  Construiu igreja para os negros e revolucionou os costumes ao integrar os escravos na sociedade conservadora da  época.

Resultado de imagem para Consuelo Nasser (1938-2002)

Consuelo Nasser (1938-2002)
É considerada uma das principais feministas de Goiás. Ao lado de outras mulheres, criou o Centro de Valorização da Mulher (Cevam). Advogada por formação, tornou-se uma das principais jornalistas goianas.  Criou e dirigiu vários veículos da imprensacaso do “Cinco de Março (1959-1979)”,  “Diário da Manhã” (1982-1984) e “Folha de Goyaz” (1984).  Nasceu em Caiapônia.

Resultado de imagem para Cora Coralina

Cora Coralina (1889- 1985)
Pseudônimo de Anna Lins dos Guimarães Peixoto Bretas, Cora Coralina nasceu na Cidade de Goiás. É considerada uma das principais poetas brasileiras, mas desenvolveu também contos e outras formas de escrita. Escreveu obras como “Poemas dos Becos de Goiás” e “Estórias Mais”. É reconhecida por ignorar modismos literários e se concentrar na crônica do interior. Está dentre as dez brasileiras mais importantes, conforme lista da BBC de Londres divulgada em 2017.

Resultado de imagem para Damiana da Cunha

Damiana da Cunha (1779-1831)
Índia caiapó, de grande importância política em Goiás no século 19. Atuou como mediadora de conflitos entre as comunidades indígenas e representantes do poder estatal.  Sua vida é objeto de inúmeros estudos científicos e revela que a mulher indígena foge dos estereótipos da submissão e do isolamento. Foi chefe de expedições e categorizada como a índia que dividiu sua vida entre o sertão e o mundo civilizado. Recebeu a condecoração de capitã-mor (designação militar) por conta de seus serviços. 

Resultado de imagem para Delaíde Arantes

Delaíde Arantes (1952- )
Nasceu em Pontalina (GO). É bacharel em direito pela Unianhanguera. Ministra do Tribunal Superior do Trabalho (TST) desde 2011, em vaga destinada aos advogados. É autora de obras jurídicas na área de direito do trabalho.

Resultado de imagem para Georgia Brow

Georgia Brown (1978- )
Cantora que nasceu em Nápoles, na Itália, mas que cresceu em Goiânia. Entrou para o “Guinness Book”, em 2004, ao atingir a extensão vocal mais alta do mundo. Possui a maior amplitude vocal. Na mídia, Georgia já executou um F8 (Fá8) em entrevista para o “History Channel”, dos EUA, que a divulgou para o mundo. É produtora e instrumentista.

Resultado de imagem para Goiandira do Couto (1915 – 2011)

Goiandira do Couto (1915 – 2011)
Artista plástica que nasceu em Catalão (GO), ela produziu uma obra de destaque no cenário regional e nacional. Goiandira trabalhava com 551 tonalidades de cores diferentes de areias (cor natural), dando um colorido diferente aos quadros que ‘pintava’. Antes, se destacou com pintura realizada a partir do óleo sobre tela. Quadros da artista estão expostos de forma permanente na ONU e museus internacionais.

Iris de Araújo (1943 – )
Nasceu em Três Lagoas (MS). Uma das primeiras senadoras de Goiás, ao assumir o mandato em 2003, como suplente. Foi eleita duas vezes deputada federal e presidiu o MDB nacional interinamente, no lugar de Michel Temer, em 2009. Foi candidata a vice-presidente da República, em 1994. Tem ampla participação política em Goiás.

Resultado de imagem para Laís Nunes

Laís Nunes (1992 -)
A lutadora de Barro Alto (GO) é uma  wrestler olímpica brasileira. É vencedora do Campeonato Pan-Americano de Lutas Associadas de 2016. Foi medalha de prata nos Jogos Sul-Americanos de 2014, em Santiago. Representa os esportes em Goiás, com carisma e esforço, tornando-se exemplo de vida para atletas de esportes amadores. 

Resultado de imagem para Laurita Vaz

Laurita Vaz (1948 -)
Nasceu em Anicuns (GO). É ex-presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e a primeira mulher do país a presidir aquela corte.  Foi promotora de Justiça em Goiás entre 1978 e 1984, depois tornou-se procuradora regional e subprocuradora da República. Chegou ao STJ através da vaga do Ministério Público. Foi professora de direito. Formou-se pela Universidade Católica de Goiás (UCG), em 1976.

Resultado de imagem para Lilian Carneiro Mendonça

Lilian Carneiro Mendonça (1953 -)
Nasceu em Araguari (MG). Protagonista como educadora na carreira dos mais renomados pianistas de Goiás, caso de Rosangela Sebba e Diego Caetano, que atuam pelo mundo. É uma pedagoga com metodologia própria, cuja sistemática foi investigada por professores de várias universidades do país a partir da perspectiva da teoria do conhecimento. Pianista formada pela Universidade Federal de Goiás (UFG). É nora da pianista Belkiss Carneiro.

Resultado de imagem para lucia Vânia

Lúcia Vânia (1944-)
Nasceu em Cumari (GO). Primeira mulher a chegar na Câmara dos Deputados (1987) e ser eleita por dois mandatos seguidos para o Senado – 2003 até 2019. É deputada da Assembleia Nacional Constituinte, tornando-se secretária Nacional de Assistência Social na gestão de Fernando Henrique Cardoso. Jornalista formada pela Universidade Federal de Goiás (UFG).

Marieta Telles Machado (1934- 1987)
Foi uma das mais proeminentes escritoras goianas. Nasceu em Hidrolândia (GO) e se formou em direito e letras na Capital. É uma das responsáveis pela criação da UFG e da instituição de vários cursos. Produziu obras de grande importância para a discussão do poder feminino, caso de “Narrativas do quotidiano”. 

Resultado de imagem para Marília Mendonça (1995 -)

Marília Mendonça (1995 -)
Nasceu em Cristianópolis. É uma das cantoras da atualidade com mais vendas de discos, downloads e shows realizados no Brasil. Começou a escrever músicas com 12 anos. É uma das expoentes do estilo popular da ‘sofrência’ sertaneja. É também instrumentista e autora do hit “Todo mundo vai sofrer”, a música brasileira mais ouvida na plataforma Spotify, em 2019.  

Neusa Moraes (1932- 2004)
Escultora nascida na Cidade de Goiás, Neusa imortalizou cenas artísticas da capital e de nossa história, como o “Monumento às Três Raças”.  Tem várias outras obras espalhadas em acervos nacionais e internacionais, tornando-se um dos baluartes da escultura brasileira. 

Resultado de imagem para Nhanhá do Couto

Nhanhá do Couto (1880-1945)
Mineira, foi pioneira no ensino de música em Goiás. Foi uma das grandes incentivadoras da pianista Belkiss Carneiro, sua neta. Batizada de Maria Angélica da Costa Brandão, ela montou a primeira orquestra na Cidade de Goiás. Escrevia música e improvisava ao piano durante a execução dos filmes mudos.  

Resultado de imagem para Raquel Dodge

Raquel Dodge (1961 -)
Nasceu em Morrinhos (GO). Ex-procuradora-geral da República (2017-2019). É bacharel em direito pela Universidade de Brasília (UnB) e tornou-se mestre em direito pela Universidade de Harvard. Está no Ministério Público Federal desde 1987. É responsável por denunciar organizações criminosas e políticos famosos, como Lula.

Resultado de imagem para Santa Dica

Santa Dica (1903- 1970)
Nasceu em Lagolândia (GO) como Benedicta Cypriano Gomes. Tornou-se uma das principais lideranças místicas de Goiás. Liderou um movimento social religioso a partir da década de 1920, nas proximidades de Pirenópolis. Na adolescência sua fama de curandeira correu o mundo. Para um grupo de seguidores, ela realizava milagres. 


Comentários