Cotidiano

Mulher morre após ser esfaqueada e pular do carro em movimento

O próprio companheiro é o autor do crime

diario da manha
A Polícia do RJ investiga o caso

Kíssila Goudard, de 32 anos, foi morta a facadas pelo seu companheiro, Guilherme Maciel, de 35, na segunda-feira (15), em Campos dos Goytacazes, no norte fluminense do Rio de Janeiro. A vítima foi esfaqueada oito vezes no tórax e abdômen. Na tentativa de fugir do agressor, ela pulou do carro em movimento.

Segundo o delegado titular da 134ª DP (Campos), Ronaldo Andrade Cavalcante, ela chegou a ser encaminhada para o Hospital Ferreira Machado pelo Corpo de Bombeiros do RJ, mas ela não resistiu aos ferimentos.

As informações foram apuradas pelo Jornal O Dia, a qual ressaltam que o agressor foi preso em flagrante, perto do local do crime. Além disso, o carro que o casal estava foi encontrado carbonizado. Sobre o caso, ainda não se sabe a motivação do crime.

Guilherme Maciel, foi levado para esclarecer os fatos, e será julgado pelo crime de feminicídio. A vítima pouco antes de morrer, relatou as autoridades que o companheiro era o autor do crime. Kíssila estavam a três meses casada com Guilherme. Ela deixa três filhos do antigo casamento.

Veja também

Comentários