Cotidiano

Caso Lázaro: justiça determina soltura de caseiro

Ambos são julgados por serem suspeitos de ajudar o fugitivo Lázaro

diario da manha

Nesta sexta-feira (25), a juíza Luciana Oliveira decidiu sobre o caso dos supostos ajudantes de Lázaro Barbosa. De acordo com a publicação, Elmi Caetano passou de prisão em flagrante para preventiva.

Já Alain Reis, teve sua liberdade provisória declarada. Ambos são julgados por serem suspeitos de ajudar o fugitivo Lázaro.

O homem de 32 anos está sendo procurado pela polícia há mais de dez dias. Conforme o advogado do caseiro, o suspeito não denunciou Lázaro porque estava com medo.

O serial killer dormiu por cinco dias na fazenda onde Alain trabalhava.

Comentários