Cotidiano

Mulher é suspeita de encomendar morte do marido, em Rubiataba

"Esse chefe teria sido contratado por uma intermediária da esposa”

diario da manha

Nessa última quinta-feira (30), a Polícia Civil prendeu a esposa do dono do cartório que foi sequestrado e morto em Rubiataba.

A mulher é suspeita de encomendar o crime para ficar com o seguro de vida e bens do marido. A corporação também busca saber se ela teve ajuda para planejar o crime, as investigações querem esclarecer também se ela tinha amante.

Também foram detido outras três pessoas, um homem suspeito de ter fornecido a arma usada no homicídio (uma pistola 380 ), outro suspeito de atirar contra a vítima e um terceiro que teria dirigido o carro usado no crime.

O delegado responsável pelo caso Marcos Adorno, suspeita de que mais duas pessoas estejam envolvidas no crime. Ele acredita que os executores que atiraram na vítima, fugiram do local do crime, e que há um suspeito de ser a cabeça dessa empreitada. “Esse chefe teria sido contratado por uma intermediária da esposa”, explicou.

De acordo com Marcos, essa intermediária seria uma amante da mulher da vítima. As investigações continuam para descobrir mais sobre a relação entre as duas.

Leia Também:

Comentários