Cotidiano

Alunos passam mal em escola de Goiânia após serem atingidos por spray de pimenta

Professora informou que a GCM foi ao local advertir alunos após série de brigas na porta da unidade. Bombeiros e Samu socorreram os estudantes

diario da manha
Foto: Reprodução

Cerca de dez alunos passaram mal nesta segunda-feira, 3, em uma escola municipal de Goiânia. Funcionários disseram que a Guarda Civil Metropolitana (GCM) usou spray de pimenta dentro da unidade após uma série de brigas que aconteceram em outros dias.

Uma professora que não quis se identificar disse que os alunos da escola já marcaram brigas outras vezes na porta da Escola Municipal Orlando de Moraes. A GCM já foi ao local para controlar a situação. “Eles entraram, enfileiraram os alunos e foram conversar com eles. Os meninos não fizeram nada, não atacaram os guardas e, em um momento, eles jogaram spray de pimenta nos estudantes”, disse. Ela, então, levou algumas crianças para a sala para se acalmarem e evitar ter mais contato com o spray.

Pais foram ao local preocupados com os alunos. A Polícia Militar e outras equipes da GCM foram à escola para controlar a confusão. O Corpo de Bombeiros e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgências (Samu) atenderam os estudantes que foram atingidos pelo spray de pimenta. Não há informação de para onde os estudantes foram levados.

Com informações do G1.

  • Leia também:

Comentários