Cultura

Coluna G

diario da manha

Diogo teixeira [email protected]

Deputado critica casais gays na TV

O deputado sargento Isidório (PSC), da Bahia, não está gostando da presença de casais gays nas novelas da Globo. Na quarta-feira (11), em um pronunciamento na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), ele afirmou que casais homossexuais agridem a família de Deus formada por macho e fêmea.
Segundo ele, a mídia quer transformar a nação em um prostíbulo. “A Rede Nojo (Globo) de Televisão quer empurrar em nossas vidas como uma coisa normal esse absurdo que são os casais gays. Ninguém é obrigado a ver essas nojeiras na sala da própria casa. toda novela tem essa sujeira agora”, disse.
O deputado chegou a criticar as atrizes Fernanda Montenegro e Natália Timberg, que formarão um casal na novela Babilônia. “Duas senhoras de idade se submetendo a esse papel, essa coisa suja. Querer incentivar idosos de bem a serem gays em uma novela?”, indagou o deputado no plenário.
“Já estão fazendo a cabeça dos jovens agora querem fazer a cabeça dos velhos. A vovó gay, o vovô gay”, continuou. E não parou por aí. Ele continuou o discurso, chegando a comparar a vida matrimonial de um casal heterossexual a de um casal homoafetivo, que vem sendo mostrado nas telenovelas.
“Querem transformar as pessoas como eu, que defendem a vida sadia em fundamentalistas, querem normalizar a imoralidade. Não se pode confundir o sexo entre o homem e a mulher, que é seguro, santo com coliformes fecais”, finalizou, antes de alguns deputados discordarem do seu ponto de vista.

(As informações são do site TV Foco)

Novidade na telinha

A novela Babilônia não será como as suas antecessoras, Amor à Vida, Em Família e Império, onde o público precisa esperar até os últimos capítulos para assistir um beijo gay entre alguns personagens. Na nova novela das nove, as personagens Teresa (Fernanda Montenegro) e Estela (Nathália Timberg) vão se beijar logo no primeiro capítulo.
Se a cena for ao ar como está escrita e não haver cortes por parte da TV Globo, ela será tratada com muita naturalidade. As duas estarão em casa e conversarão sobre Beatriz (Glória Pires), filha de Estela. Em meio a uma conversa comum, as duas veteranas trocarão um carinho, seguido de um selinho, algo que surpreenderá a todos.
Dias depois, o casal enfrentará o preconceito da escola de Rafael (Chay Suede), a quem criaram juntas. Teresa será chamada ao local e será aconselhada a incentivar o menino a omitir que tem duas mães.

(As informações são do site TV Foco)

Atriz fala sobre sua bissexualidade

Alessandra Maestrini declarou a mais recente edição da revista Caras que sua vida ficou muito mais fácil e livre depois que revelou ser bissexual em 2014. Segundo a atriz, ela recebeu “um tsunami de amor”.
“Tudo ficou mais fácil, interessante, livre. Recebi uma enxurrada de cartas, e-mails, telefonemas, torpedos. E não só de gente me parabenizando. Muitos queriam agradecer pelo gesto, por ser gay, ou por ter um amigo, um filho, um parente”, disse.
A artista de 37 anos afirmou que a boa recepção tem relação com a autenticidade adquirida pela declaração. “Muitos falavam sobre o tempo que perderam só para agradar às pessoas baseados no que achavam que esperavam dela.”
Profissionalmente, a eterna intérprete de Bozena, do humorístico Toma Lá dá Cá, estrelou o Sexo e as Nega, no papel de Gaudéria, depois que se revelou bissexual.

(As informações são do site A Capa)

Comentários

Mais de Cultura

26 de junho de 2019 as 14:42

Sol em Câncer e a cura emocional

14 de junho de 2019 as 19:24

GIRO PELA FIEG

12 de junho de 2019 as 08:50

Quíron, o segredo da cura

11 de junho de 2019 as 08:36

Questão Social: Um breve olhar

7 de junho de 2019 as 08:46

Astrologia; seja bem-vindo, junho!

30 de maio de 2019 as 08:46

Alego promove seminário de Turismo

28 de maio de 2019 as 09:17

Festa junina no Goiânia 2

16 de maio de 2019 as 11:29

Vênus entra em Touro