Cultura

Dia Nacional do Artista Plástico

A coluna dessa semana retrata fotos de alguns dos mais notórios pintores do Estado de Goiás, em homenagem a essa nobre atividade, que mais que profissão é vocação

diario da manha

 

 

Poderia dizer que por séculos a figura do artista plástico é uma das mais importantes para o registro da nossa história, mas a grande verdade é que só temos noção de parte desse conto milenar graças aos artistas primitivos. Desde que o homem tem a consciência da lembrança, tem impregnado em sua existência a necessidade do registro dessas recordações.

Foi para armazenar alguns conhecimentos básicos e lembranças do cotidiano que o homem pré-histórico se viu diante da parede de uma rocha ou caverna, com as mãos sujas de sangue ou com um pedaço de carvão, a riscar cenas banais. Não fosse por esse impulso momentâneo, talvez nunca fosse possível saber da rotina de vida desses nossos antepassados.

Por toda a história, foi a partir do olhar e das mãos habilidosas desses profissionais sensíveis à materialidade da vida humana que conhecemos por retratos e paisagens momentos ímpares da sociedade.

Da mesma forma que os artistas criam a noção visual da história, como a mítica muralha de Troia ou os bustos de imponentes reis e imperadores, tem em suas mãos a possibilidade de burlar e forjar ao bel prazer essas noções estéticas. Como o cavalo branco de Napoleão, sagaz e viril sobre os alpes suíços, com um comandante aparentando pelo menos o dobro da altura real de Bonaparte.

 

REALIDADE

Atualmente com os avanços da fotografia, a pintura realista como registro da realidade, foi para o escanteio. Isso deu aos artistas maior liberdade de expressão, em diferentes formas e texturas, criando obras cada vez mais impressionantes e diversificadas. Em homenagem ao Dia do Artista Plástico, organizamos essa série de fotografias com alguns nomes fortes da pintura goiana.

 

Confira a 2ª parte da série com texto de Ruber Couto:

“Meu nome é Ruber Couto, sou repórter fotográfico e fiz parte de um projeto do Diário da Manhã, onde os principais artistas goianos homenagearam o jornal pelos seus 56 anos de existência. Encantado com a maneira, o jeito e a técnica que cada artista usava, resolvi fazer essa série de fotografia chamada “A arte trabalhando”. Nessa compilação eu voltei o olhar não para arte pronta, e sim para o artista trabalhando, onde tantas vezes é esquecido. Essa foi uma singela maneira de agradecer essas pessoas que conseguem fazer diferença na vida de outras utilizando-se de sua arte.”

 

 

 

artista2

 

artista3

 

 

 

 

Comentários

Mais de Cultura

26 de junho de 2019 as 14:42

Sol em Câncer e a cura emocional

14 de junho de 2019 as 19:24

GIRO PELA FIEG

12 de junho de 2019 as 08:50

Quíron, o segredo da cura

11 de junho de 2019 as 08:36

Questão Social: Um breve olhar

7 de junho de 2019 as 08:46

Astrologia; seja bem-vindo, junho!

30 de maio de 2019 as 08:46

Alego promove seminário de Turismo

28 de maio de 2019 as 09:17

Festa junina no Goiânia 2

16 de maio de 2019 as 11:29

Vênus entra em Touro