Cultura

Nunca é tarde para largar o cigarro

  Cardiologista alerta sobre as doenças do coração causadas pelo tabagismo

diario da manha

 

DA REDAÇÃO

O Brasil tem 35 milhões de fumantes e 80 mil pessoas morrem precocemente todos os anos por causa do cigarro. Segundo estudos internacionais, o tabaco mata um em cada dois usuários. Além de provocar inúmeras doenças, como o câncer, o fumo aumenta em até 300% o risco de um ataque cardíaco. Por isso, o tabaco é o principal fator de risco evitável para as doenças cardiovasculares.

Segundo Roberto Cândia, cardiologista que integra o Corpo Clínico do Laboratório Atalaia, não existem níveis seguros para o consumo de alcatrão, monóxido de carbono e nicotina. “Não há diferenças nos riscos à saúde entre as diferentes marcas de cigarro, nem entre os supostos cigarros com alto e baixo teor de nicotina. A proibição total e abrangente, como a lei antifumo aprovada em 2010, pode contribuir na redução do consumo de tabaco e evitar também os efeitos do fumo passivo”, analisa o especialista.

O especialista também alerta que o tabagismo não é só uma preocupação dos adultos. Segundo a Organização Mundial da Saúde, o tabagismo é uma doença pediátrica, pois quase 90% dos fumantes regulares começam a fumar antes dos 18 anos de idade. “Além disso, o fumante passivo, ou seja, aquele que não fuma, mas está próximo de um fumante, tem contato direto com 30 substâncias cancerígenas, presentes na fumaça do cigarro. O fumo passivo é responsável por 40% dos infartos, matando seis pessoas por dia no Brasil e causando, ainda, 30% de cânceres de pulmão, entre outras doenças” reforça.

Para o cardiologista, nunca é tarde para parar de fumar já que vemos as reações benéficas no corpo rapidamente. “Após vinte minutos sem fumar a pressão sanguínea e pulsação voltam ao normal. Após oito horas o nível de oxigênio se normaliza. Após três semanas a respiração fica mais fácil e a circulação melhora. Após cinco a dez anos o risco de sofrer infarto será próximo ao de uma pessoa que nunca fumou”, conclui o médico.

 

Sobre o Atalaia Medicina Diagnóstica

O Atalaia nasceu há 46 anos em Goiás e atualmente possui 24 unidades de atendimento em Goiânia, Aparecida de Goiânia, Anápolis, Bela Vista e Trindade. Considerado referência no segmento de medicina diagnóstica, o laboratório disponibiliza serviços e soluções inovadoras, oferecendo qualidade, confiança, credibilidade, conveniência e tecnologia de ponta a seus clientes. Com o objetivo de buscar continuamente mais conforto aos pacientes, o Atalaia desenvolveu o modelo de atendimento integrado na unidade conceito Setor Bueno, que oferece todos os serviços disponibilizados pela marca em um ambiente totalmente diferenciado. O laboratório conta, ainda, com o programa Atalaia Melhor Idade, que proporciona assistência exclusiva para os idosos e uma série de vantagens, como atendimento domiciliar sem taxa e descontos especiais no valor dos exames de análises clínicas e anatomia patológica. O Atalaia disponibiliza, também, mais de três mil tipos de exames, além do serviço de vacinas.

Comentários

Mais de Cultura

26 de junho de 2019 as 14:42

Sol em Câncer e a cura emocional

14 de junho de 2019 as 19:24

GIRO PELA FIEG

12 de junho de 2019 as 08:50

Quíron, o segredo da cura

11 de junho de 2019 as 08:36

Questão Social: Um breve olhar

7 de junho de 2019 as 08:46

Astrologia; seja bem-vindo, junho!

30 de maio de 2019 as 08:46

Alego promove seminário de Turismo

28 de maio de 2019 as 09:17

Festa junina no Goiânia 2

16 de maio de 2019 as 11:29

Vênus entra em Touro