Cultura

Sonoras trovoadas

Mistura de ritmos, músicas autorais e muita percussão. Esta é a receita da Caboclo Roxo, para empolgar a noite de hoje, em show que acontece no Centro Cultural UFG

diario da manha

 

Rariana Pinheiro,Da editoria DMRevista

Canções autorais que abarcam desde ritmos afro-brasileiros, como o afoxé e maracatu, até ao global rock n’ roll. São mesmo as misturas que definem, em totalidade, a banda goiana Caboclo Roxo. E, será esta música multifacetada e repleta de identidade, que o público vai poder acompanhar em mais uma apresentação do grupo, que acontecerá hoje, às 20h, no Centro Cultural UFG. Acompanhados pelo espetáculo musical Trovoada é Trovão, os músicos prometem uma viagem empolgante a seu próprio repertório.

Trovoada é Trovão, que intitula o espetáculo desta noite, é também o nome da mais nova canção do grupo (o clipe desta música foi, inclusive, lançado recentemente), e, será, certamente, um dos carros-chefes, do show de logo mais. No entanto, além da nova faixa, o grupo, que possui nove integrantes e traz figurinhas conhecidas na música goiana – a exemplo do cantor e compositor Rodrigo Kaverna e do percursionista Alemão – promete mais. Canções autorais estarão mescladas às faixas de outros compositores e à músicas de domínio popular.

Grande parte do show estará também focada no primeiro e único álbum do grupo, No Cerne da Madeira (2006). Lançado por meio de lei de incentivo municipal, este trabalho de estreia dos goianos, que possui doze faixas inéditas, já anunciava desde o começo, uma das maiores características do grupo, – além, claro, das misturas de ritmos: a forte influência na cultura afro-brasileira, ressaltada pela percussão marcante e a réplica de instrumentos africanos e tribais.

 

transformadora

Fruto do trabalho da Associação Coró de Pau – Arte Oficio e Produção, o Caboclo Roxo, além de embalar o público com o som pulsante de sua percussão, tem ainda um propósito mais engajado: o de transformação social através da cultura. Por isso, desde sua formação, em 2002 a banda tem se envolvido na realização de oficinas, seja de percussão, ou de confecção de instrumentos. Estes, por sua vez, são construídos através de material orgânico recolhido de maneira sustentável.

 

Espetáculo Trovoada é Trovão

Quando: Hoje, às 20h

Onde: Centro Cultura da UFG (Praça Universitária)

Ingressos: R$ 20,00 (Inteira) e R$ 10,00 (Meia Entrada)

Informações: (62) 3209-6251

 

A Caboclo Roxo é:

  • Rodrigo Kaverna – vocais e composições
  • Claudinei Amaral (Alemão) – percussão e produção musical
  • Tiago Tocha (Portuga) – bateria e percussão
  • Griff Roney – percussão
  • Weiller Jahmaica – percussão
  • Pedro Vaz – viola caipira e guitarra
  • Cesinha – guitarra
  • Pedro Verano – flauta
  • Emanuel Mastrella – contrabaixo

Comentários

Mais de Cultura

26 de junho de 2019 as 14:42

Sol em Câncer e a cura emocional

14 de junho de 2019 as 19:24

GIRO PELA FIEG

12 de junho de 2019 as 08:50

Quíron, o segredo da cura

11 de junho de 2019 as 08:36

Questão Social: Um breve olhar

7 de junho de 2019 as 08:46

Astrologia; seja bem-vindo, junho!

30 de maio de 2019 as 08:46

Alego promove seminário de Turismo

28 de maio de 2019 as 09:17

Festa junina no Goiânia 2

16 de maio de 2019 as 11:29

Vênus entra em Touro