Cultura

História de brasileiro executado na Indonésia vira filme de ficção

diario da manha

O livro “Condenado à Morte”, do jornalista Ricardo Gallo, que narra a trajetória de Marco Archer, o primeiro brasileiro sentenciado à pena capital e executado em um país estrangeiro, vai virar filme de ficção. O diretor Guga Sander, da Sentimental Filme, em parceria com a Querosene Filmes, já está trabalhando na produção do longa. Esse é o primeiro longa de ficção de Sander, que adquiriu os direitos da obra. Anteriormente, fez o documentário “Surfar é Coisa de Rico”, em cartaz no Cine Odeon no Rio, sobre a trajetória do surfista Rico de Souza.

Archer foi preso em 2003 ao tentar entrar na Indonésia com 13 quilos de cocaína escondidos em sua asa-delta. Descoberto no aeroporto, ele só foi capturado duas semanas mais tarde, após uma fuga cinematográfica pelas ilhas do país. Ele viveu mais de sete anos na prisão de Pasir Putih, conhecida como a “Alcatraz Asiática”, até ser executado em janeiro de 2015.

Comentários

Mais de Cultura

26 de junho de 2019 as 14:42

Sol em Câncer e a cura emocional

14 de junho de 2019 as 19:24

GIRO PELA FIEG

12 de junho de 2019 as 08:50

Quíron, o segredo da cura

11 de junho de 2019 as 08:36

Questão Social: Um breve olhar

7 de junho de 2019 as 08:46

Astrologia; seja bem-vindo, junho!

30 de maio de 2019 as 08:46

Alego promove seminário de Turismo

28 de maio de 2019 as 09:17

Festa junina no Goiânia 2

16 de maio de 2019 as 11:29

Vênus entra em Touro