Cultura

O olho que tudo vê

O poder do Google, mecanismo de pesquisa que mudou a cara do mundo

diario da manha

O objetivo inicial da criação do motor de busca Google em 4 de setembro de 1998, era de “organizar a informação mundial e torná-la universalmente acessível e útil”. Surgiu na Universidade de Stanford, a partir da união de idéias dos amigos Larry Page, engenheiro de computação natural do estado de Michigan, norte dos Estados Unidos; e Sergey Brin, que nasceu na Rússia em família judia e emigrou para os Estados Unidos com a família para fugir do anti-semitismo.

A partir do fundamento da marca Google, vários investimentos foram propostos aos seus criadores. Eles rejeitaram várias propostas de compra no início de sua estabilização. Em 2004, foi feita a Oferta Pública Inicial da Google, que disponibilizou mais de 19 milhões de ações sob preço de 85 dólares cada. A venda dessas ações gerou ao Google uma capitalização de mercado de 23 bilhões de dólares. Em estimativa de 2013, o faturamento anual da empresa chega a 14,9 bilhões de dólares.

Em 17 anos de fundação, a Google consolida-se hoje como uma das maiores e mais conhecidas empresas no mundo, gerando lucro principalmente através de anúncios publicitários na internet com fórmulas inovadoras. Atualmente os produtos disponibilizados pela empresa alimentam várias funções. O software de e-mail Gmail e o navegador da web Google Chrome, providos pela Google, são ferramentas de extrema abrangência na internet atualmente.

A empresa também já adquiriu várias outras marcas em ascensão. É o caso da KeyHoke, que oferecia uma visão tridimensional virtual do planeta Terra, comprada em 2004 e reformulada com o nome de Google Earth em 2005. Outra grande aquisição da Google foi o site de compartilhamentos de vídeos Youtube, em 2006, por 1,65 bilhão de dólares em ações. Um episódio bastante lembrado pelos brasileiros é a aquisição da extinta rede social Orkut pela Google em agosto de 2008, quando a rede era a mais acessada do país.

Googleplex, a sede da Google em Montain View, Califórnia, Estados Unidos.
Googleplex, a sede da Google em Montain View, Califórnia, Estados Unidos.

Verbo

A influência da existência do Google no cotidiano das pessoas tem força suficiente para adicionar palavras ao dicionário. Na língua inglesa, o verbo Google já tem descrição no dicionário elaborado pela Universidade de Oxford, na Inglaterra. A definição de “googar”, desde 2010, segundo este dicionário, é “usar o motor de busca Google para obter informações na Internet”.

Anúncios

O principal mecanismo de arrecadação da Google é um serviço de publicidade chamado Adwords, responsável por mais de 96% do faturamento da empresa. A forma de arrecadação denominada CPC (custo por clique) é considerada por muitos anunciantes como a forma mais justa de publicidade virtual, tendo em vista assim que o internauta clica no anúncio, exibido após uma pesquisa Google, ele é inclinado à compra. O anunciante só paga por clique, e não por simples visualização.

Comentários

Mais de Cultura

26 de junho de 2019 as 14:42

Sol em Câncer e a cura emocional

14 de junho de 2019 as 19:24

GIRO PELA FIEG

12 de junho de 2019 as 08:50

Quíron, o segredo da cura

11 de junho de 2019 as 08:36

Questão Social: Um breve olhar

7 de junho de 2019 as 08:46

Astrologia; seja bem-vindo, junho!

30 de maio de 2019 as 08:46

Alego promove seminário de Turismo

28 de maio de 2019 as 09:17

Festa junina no Goiânia 2

16 de maio de 2019 as 11:29

Vênus entra em Touro