Cultura

Vênus entra em Touro

diario da manha

Por Blender Barbosa

Em suas andanças pelas constelações, Vênus (Afrodite) entra nos campos verdejantes de Touro, sua casa, onde está desde ontem, 15 de maio, e ficará até o dia 8 de junho. Vênus é o planeta do amor e da sensualidade e no mapa evidencia os gostos pessoais, necessidades sociais e senso de valores.

Afrodite/Vênus é a deusa do amor, fertilidade e reprodução e neste posicionamento libera seus melhores potenciais, se tornando uma versão melhor de si. Ela rege a arte, cultura, estética, posses, parceiros, beleza, os sentimentos pelo outro, harmonia, ternura, o caráter moral, casamento, uniões, sociabilidade, temperamento e o prazer. E, junto com a Lua, governa as emoções.

Quando entra em seus pastos, a deusa se conecta com a natureza, com as flores, jardinagem, com as expressões artísticas e isso faz-se refletir em seus nascidos. Quem tem a deusa posicionada no primeiro signo terreno expressa sua sensualidade passivamente, é fiel e estável. É charmoso, possui uma bela voz, é convencional e sociável, suas emoções são profundas. Procura por relacionamentos duradouros, que lhe proporcione segurança emocional e estabilidade.

Mas não se engane, o materialismo se torna uma das suas perversões. A luxúria e futilidade podem ser sua queda. Quando sua segurança emocional é ameaçada, seus aspectos mais negros vêm à tona e tornam-se inseguros, ciumentos e possessivos. A necessidade de possuir e desfrutar pode gerar a gula, que será, se assim você permitir, sua destruição.

Conselho para quem tem Vênus em Touro

Touro-venusiano atente-se ao outro, assim como se atenta a você. Não coloque as posses, o material e o possuir acima das suas relações. Desapegue desse sentimento de possuir, afinal, é algo muito efêmero. Se alinhe com sua verdade, não se importe com o que irão pensar de você, escute seu coração para que seus planos se realizem. Seja você e lute pelo o que acredita.

Não é tempo de se esconder e ser passivo. É tempo de reagir, de arregaçar as mangas e lutar pelo coletivo. A partir do momento em que você, touro-venusiano, se libertar das amarras mundanas e materiais e limpar seus olhos vai perceber um mundo inteiro esperando para ser transformado. Vai perceber que a vida vai muito além do possuir, mas sim do sentir e do integrar.

Um conselho a todos

Bens materiais e posses são coisas passageiras, que preenchem nossas vidas em momentos. Mas o amor, a unidade e a caridade são coisas eternas. Portanto, reserve este período para pensar: será que estou sendo egoísta? Será que estou querendo mais do que realmente preciso? Será que estou pensando apenas em mim?

Coloque a cabeça no lugar e acorde! Não é tempo para isso. Enquanto você está lamentando pequenos problemas há um mundo inteiro lá fora com pessoas reais sofrendo, guerras e balbúrdia. Acorde! Se alinhe, vá à luta, desperte, saia da passividade. Bens materiais são sim importantes, mas há algo muito maior em jogo.

Não se esqueça, é tempo de Marte, o deus da guerra, se você ficar passivo, esperando as coisas acontecerem, elas jamais acontecerão. Utilize este período de estabilidade emocional para pôr as ideias no lugar e agir. A mudança é feita pelo coletivo e a vitória depende de todos.

 

tags:

Comentários

Mais de Cultura

26 de junho de 2019 as 14:42

Sol em Câncer e a cura emocional

14 de junho de 2019 as 19:24

GIRO PELA FIEG

12 de junho de 2019 as 08:50

Quíron, o segredo da cura

11 de junho de 2019 as 08:36

Questão Social: Um breve olhar

7 de junho de 2019 as 08:46

Astrologia; seja bem-vindo, junho!

30 de maio de 2019 as 08:46

Alego promove seminário de Turismo

28 de maio de 2019 as 09:17

Festa junina no Goiânia 2

8 de maio de 2019 as 10:17

Os signos e o corpo humano