Cultura

O Brasil das artes plásticas

A pintura, posicionando-se como uma das mais tradicionais configurações de arte tem uma longa história nesse quesito, principalmente quando refere-se ao Brasil

diario da manha
Antropofagia: Tarsila do Amaral

O Brasil, ainda que com suas contradições, é inquestionavelmente berço de artes manifestas em diferentes formas, entre elas, as artes plásticas. A pintura, posicionando-se como uma das mais tradicionais configurações de arte tem uma longa história nesse quesito, principalmente quando refere-se ao Brasil.

No final do século 19, com a criação da Academia Imperial de Belas Artes, a pintura no Brasil começou a desenvolver e ganhou então grande notoriedade a nível internacional. Mas isso foi resumiu seu apogeu, o mais alto ponto da pintura brasileira ocorreu no início da década de 20, com surgimento do movimento modernista. 

Confira a seguir 3 obras de autoria de artistas brasileiros com grande respaldo da crítica:

Os Retirantes – Cândido Portinari

Os Retirantes: Cândido Portinari

A obra “Os retirantes” de Cândido Portinari, foi criada em 1944. De maneira sublime, a tela retrata uma família de retirantes, pessoas que se deslocam da região Nordeste a outros lugares na esperança de fugir da seca, miséria e mortalidade infantil. Atualmente, “Os retirantes” faz parte do acervo do Museu de Arte de São Paulo (MASP),

Na obra, ressalta-se a presença de urubus sobrevoando as pessoas, como se aguardassem a morte delas. Tudo isso gira em torno da dura seca, que provocou muitas mortes e uma migração em massa, de forma politica, Portinari retrata a miséria de uma forma pura e explícita, como uma maneira de se posicionar contra ela, utilizando a arte como instrumento.

Abaporu – Tarsila do Amaral

Abaporu: Tarsila do Amaral

Considerada por muitos críticos a mais importante obra brasileira, Abaporu, de autoria da pintora Tarsila do Amaral, foi pintada em 1928. Após finalizada, a artista deu Abaporu de presente ao seu marido, o escritor Oswald de Andrade.

Vendida em 1995 a um argentino pelo valor de 1,5 milhões de dólares, a obra pode atualmente pode ser vista no Museu de Arte Latino-Americana de Buenos Aires. Embora neste ano, tenha passado uma temporada no Brasil, exposta no Museu de Arte de São Paulo (MASP).

A pintura foi um divisor de águas dentro do movimento modernista, principalmente ao que tange as ideias do movimento antropofágico, sustentadas na época. 

Baile Popular – Di Cavalcanti

Baile Popular: Di Cavalcanti

 Considerado um dos nomes mais importantes e expressivos da arte brasileira, o pintor modernista, Di Cavalcanti manifesta em suas telas o cotidiano da realidade nacional.

Além disso, ressalta-se o forte caráter político que tomou a sua obra, o que justifica sua imensa preocupação em deixar registrado o Brasil real que existia, assim como foi a preocupação de todo o movimento modernista.

Comentários

Mais de Cultura

26 de junho de 2019 as 14:42

Sol em Câncer e a cura emocional

14 de junho de 2019 as 19:24

GIRO PELA FIEG

12 de junho de 2019 as 08:50

Quíron, o segredo da cura

11 de junho de 2019 as 08:36

Questão Social: Um breve olhar

7 de junho de 2019 as 08:46

Astrologia; seja bem-vindo, junho!

30 de maio de 2019 as 08:46

Alego promove seminário de Turismo

28 de maio de 2019 as 09:17

Festa junina no Goiânia 2

16 de maio de 2019 as 11:29

Vênus entra em Touro