DM Autos

Fiat Mobi Drive GSR 1.0 é o mais acessível PCD do mercado brasileiro

diario da manha

Norton Luiz
Editor de Veículos

Fiat Mobi foi escolhido em 2017 para receber pela primeira vez na história da marca no Brasil a combinação de motor 1.0 com câmbio automatizado. Desta forma, o subcompacto  Mobi Drive GSR 1.0 se tornou o carro mais acessível entre as opções com esse tipo de transmissão do mercado.

Agora a versão automatizada passa a oferecer ainda mais desconto para os clientes que se encaixam na categoria PCD. Para eles, o Mobi Drive GSR 1.0 passa a custar R$ 35.990, 24% menos do que o preço público sugerido do modelo (R$ 47.590) e 7% mais barato do que com a tradicional isenção de IPI e ICMS (R$ 38.766), aumentando a competitividade da versão e gerando uma ótima oportunidade para os consumidores que se enquadram nesse grupo.

Esses consumidores podem obter desconto no IPI e isenção do ICMS em modelos feitos no Mercosul com preço de até R$ 70 mil. Na FCA, são diversos os modelos que podem ser adquiridos por esse grupo de clientes. É possível comprar com os descontos para PCD todas as versões do Mobi, Uno, Argo (exceto a HGT 1.8 Automática), Grand Siena e Cronos (exceto a Precision 1.8 automática).

Para auxiliar os clientes, a Fiat ainda oferece em seu portal uma área dedicada (https://www.fiat.com.br/vendas-diretas/pessoas-com-deficiencia.html) para quem tem necessidades especiais com diversas informações e orientações, facilitando a escolha e esclarecendo sobre o processo de aquisição do automóvel.

Uso urbano

A escolha do Mobi para estrear a combinação de um propulsor 1.0 com câmbio GSR foi comprovada como certa nos testes do Inmetro-PBEV. O Mobi Drive GSR (a sigla GSR significa Gear Smart Ride) alcançou o menor consumo de combustível em ciclo urbano entre todos os modelos equipados com motor 1.0 e câmbio automatizado à venda no Brasil.

O modelo equipado com o motor Firefly 1.0 de 3 cilindros é um hatch compacto completo, que atende às necessidades de quem precisa de uma condução mais facilitada.

O motor Firefly 1.0 trabalha em giro mais baixo, assegurando ao Mobi maior silêncio a bordo e condução mais prazerosa. Ela é complementada pela direção elétrica com função City, que, quando ativada por meio de um botão no painel, reduz ainda mais a necessidade de esforço durante as manobras de estacionamento. A função é desativada automaticamente em velocidades maiores, mantendo a segurança.

No console central do Mobi Drive GRS 1.0 cinco botões permitem fácil acionamento do câmbio, incluindo a função Sport para um modo mais esportivo. Por meio de paddle shifts, o motorista pode trocar as marchas manualmente, mesmo com o câmbio na posição automática.

Função Creeping

A transmissão do Mobi Drive GSR conta ainda com a função Creeping, que torna arranques e manobras muito mais confortáveis e seguras, inclusive em rampas com até 8% de inclinação. Basta tirar o pé do freio que o Mobi se movimenta, a exemplo de um câmbio automático convencional. Há também o sistema inteligente Auto-up Shift Abort, que identifica uma rápida retomada de velocidade e aborta a troca para uma marcha superior, mantendo acelerações mais vigorosas, inclusive em ultrapassagens, com o motor em rotação mais elevada.

A versão Mobi Drive GSR 1.0 conta ainda com um quadro de instrumento em TFT de alta resolução de série e pode ser equipada com os kits Connect, Live On e Tech. Entre as cores, o cliente tem como opções as sólidas Branco Banchisa, Preto Vulcano e Vermelho Alpine, a perolizada Branco Alaska e as metálicas Prata Bari e Cinza Scandium.

De acordo com dados da Associação Brasileira da Indústria, Comércio e Serviços de Tecnologia Assistiva (Abridef), as vendas de veículos com isenção passaram de cerca de 42 mil unidades em 2012 para 84 mil em 2014, 187,5 mil em 2017 e devem ultrapassar os 250 mil carros em 2018.

Comentários

Mais de DM Autos