DM Autos

Renault Sandero ganha versão GT Line com visual esportivo

Modelo oferece opção de motor 1.0 SCe e câmbio manual ou 1.6 SCe com câmbio CVT X-Tronic.

diario da manha

O Renault Sandero ganha versão com visual esportivo GT Line. A novidade traz a assinatura da divisão Renault Sport e vem equipada com duas opções de motor aspirado e câmbio: 1.0 SCe manual e 1.6 SCe CVT X-Tronic.

A versão com motorização de 1.0  litro tem preço de R$ 57.390 e mais R$ 900 caso o comprador tenha interesses pelos opcionais rodas de liga leve de 16” e bancos exclusivos. A 1.6 litro é oferecida por R$ 73.290.

O Renault Sandero GT Line tem atributos que o diferenciam de sua versão de base, a Zen. Um simples olhar é o suficiente para notar seus diferenciais. A versão esportiva no visual, mas não espere uma pegada mais bruta dos motores por falta do turbo.

Entre as novidades visuais do modelo estão aerofólio traseiro, aplique no para-choque traseiro, retrovisores na cor cinza, faróis de neblina e máscara negra nas lanternas.

O toque esportivo do interior do Renault Sandero GT Line fica por conta do volante em couro e dos bancos exclusivos, com nova padronagem de tecido e bordado com a identidade visual da Renault Sport nos apoios de cabeça. O painel de instrumento e as saídas de ar trazem detalhes na cor azul.

Equipamentos opcionais

Na versão 1.0 SCe do Sandero GT Line os bancos exclusivos e as rodas de liga leve de 16” da 1.6 SCe X-Tronic são opcionais. Em termos de equipamento, a versão 1.0 manual traz a lista completa da versão Zen.

Entre os itens oriundos da versão Zen do Renault Sandero estão sistema multimídia com Android Auto e Apple Carplay, quatro airbags e ar-condicionado. A lista inclui ainda direção eletro-hidráulica, vidros elétricos dianteiros e travas elétricas, adicionando vidros elétricos traseiros e rodas de liga leve 15”.

Já a versão 1.6 CVT X-Tronic também conta com todos os itens da versão Zen adicionando vidros elétricos traseiros, retrovisores elétricos e novas rodas de liga leve 16”.

Renault Sandero GT Line: visual esportivo foi criado pela equipe de design da marca, em São Paulo

As mudanças estéticas (externas e internas) incorporadas no Sandero GT Line foram concebidas pela equipe do Renault Design Center São Paulo, o estúdio de design da marca no continente americano.

A Renault Sport tem três níveis de esportividade. Uma é a GT Line, com mudanças estéticas. Outra é a GT, que, além da estética, tem preparação na mecânica. Por fim, a linha R.S., que representa o máximo da esportividade.

A nova versão GT Line do Sandero vai de encontro com os interesses dos clientes que procuram um veículo com visual esportivo. São clientes com gosto esportivo, mas que não abrem mão do espaço interno e da robustez. A linha Sandero foi renovada no ano passado trazendo novo design.

Renault Sport

Desde 2016, a Renault Sport é comandada por duas unidades distintas: a Renault Sport Racing e a Renault Sport Cars. As duas trabalham de mãos dadas para maximizar as sinergias técnicas e comerciais, das pistas para as ruas.

A Renault Sport Racing é responsável por todas as atividades de competição da Renault, como a Equipe Renault Sport de Fórmula 1 e outros programas de customer racing em circuitos e rali. O comando das operações da Renault Sport Racing é dividido entre as plantas de Enstone (Reino Unido) e Viry-Châtillon (França).

A Renault Sport Cars, que tem sua origem na divisão Renault Sport Technologies, comanda o desenvolvimento e comercialização da gama de veículos de produção em série Renault Sport.

A marca é reconhecida em todo o mundo pela excelência de seus hatches esportivos compactos, como Mégane R.S., Clio R.S. e Sandero R.S., assim como pela acessibilidade de seus GT. Já as atividades da Renault Sport Cars estão baseadas na cidade francesa de Les Ulis.

Comentários