Economia

Comercializado 60% do Aparecida Shopping

diario da manha
O shopping será o primeiro do Centro de Aparecida de Goiânia

Previsto para ser inaugurado no próximo ano, empreendimento se posiciona no mercado como grande sucesso de vendas

Da Assessoria
O Aparecida Shopping já tem 60% de sua área bruta locável (ABL) locada, desempenho impressionante para o mercado, visto que o empreendimento está previsto para ser inaugurado em 2016.
No total, serão 25 mil m² de ABL distribuídos em 37 mil m² de área construída e dois pisos. Além de oferecer excelente acesso – ficará na Avenida Independência, próximo à prefeitura, ao Fórum e à Igreja Matriz –, o Aparecida Shopping, primeiro do Centro de Aparecida de Goiânia, terá mais de mil vagas de estacionamento.
O empreendimento terá mix de lojas completo com supermercado e 200 lojas, entre as quais Cineflix, C&A e Riachuelo, além de marcas como O Boticário, Óticas Diniz, Flávios, Rival, Kazzu Azzee, Primetek, Samsung, Cacau Show e Shopping dos Cosméticos. Os consumidores também contarão com área de lazer com seis salas de cinema, parque de diversões eletrônicas Planet Park e espaçosa praça de eventos. A praça de alimentação será ampla e possui grandes redes de restaurante confirmados como Spoleto, Subway, Giraffas, Yan Pin e Divino Fogão.
“Em vista desse desempenho espetacular, 60% da ABL locada a um ano da inauguração, o Aparecida Shopping deverá ser entregue com 100% das lojas funcionando, o que é fantástico no mercado competitivo de hoje. Isso mostra nossa crença e a dos lojistas no desenvolvimento do Centro-Oeste e nossa confiança no Brasil, que ainda tem poucos shoppings por habitante se comparado a países como Estados Unidos e Canadá”, afirma o CEO da Saga Malls, Fernando Maia.
Investimentos
O Aparecida Shopping está recebendo investimentos de R$ 225 milhões por parte do grupo de investidores, formado pela Saga Malls, JC Distribuição e Mará Participações, além de lojistas que aderiram ao projeto. Voltado para a classe C, o centro de compras tem previsão de faturar anualmente R$ 250 milhões, em vista do grande potencial de consumo da região, com demanda para compra de produtos comercializados em shopping de R$ 155 milhões por mês.
Estima-se, ainda, que a frequência do shopping seja de aproximadamente 800 mil pessoas por mês, visto que a região de influência é superior a 570 mil habitantes, segundo pesquisa Ibope de janeiro de 2015, abrangendo toda a área urbana de Aparecida de Goiânia, o município de Hidrolândia e parte de Goiânia.

Comentários

Mais de Economia