Economia

Governo vai liberar R$ 86,6 milhões para o setor lácteo gaúcho

Stênio Ribeiro – Repórter da Agência Brasil

O governo federal vai liberar R$ 86,6 milhões para o setor de lácteos no Rio Grande do Sul, anunciou hoje (4) a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Kátia Abreu, na inauguração da Expointer 2015, em Esteio. De acordo com informação de sua assessoria, ela destacou que a medida vai beneficiar 18 mil propriedades rurais de 132 municípios gaúchos. 

O dinheiro faz parte do Programa de Melhoria da Competitividade do Setor de Lácteos, elaborado pelo ministério, e com vigência até 2018. Feito com o objetivo de melhorar a qualidade do leite e aumentar a renda dos pequenos criadores, o programa vai contemplar 80 mil propriedades dos principais estados produtores de leite: Rio Grande do Sul, Santa catarina, Paraná, Goiás e Minas Gerais.

De acordo com a ministra, o programa, voltado para a qualidade do leite, prepara os produtores não só para cuidar da saúde dos consumidores brasileiros, mas também para que outros países como a China e Rússia.
 
Entre as ações previstas, estão o melhoramento genético do rebanho e a erradicação de doenças como brucelose e tuberculose. Em pauta, também, a capacitação técnica e extensão rural, ampliação das exportações e o apoio ao cooperativismo e ao associativismo, objetivando corrigir imperfeições de mercado.

Durante sua visita à Expointer – uma das maiores feiras agropecuárias da América Latina –, a ministra Kátia Abreu lançou o Cadastro Nacional Vitivinícola, no pavilhão da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). Na ocasião, ela designou a comissão que organizará o Seminário Internacional da Vitivinicultura, no ano que vem.

Editor Aécio Amado

tags:

Comentários

Mais de Economia