Economia

O governo tem 119 projetos de venda de ativos e prevê 22 leilões até o fim do ano

O número atual de ativos listados para serem oferecidos em leilões de estatais para a inciativa privada está em 119, contra 69 até o fim do ano.

diario da manha
foto: Reprodução

O número atual de ativos listados para serem oferecidos em leilões a inciativa privada está em 119. Os dados, liberados pelo Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), informa que 29 leilões já foram realizados em 2019. Outros 22 estão previstos para ocorrer até o final do ano.

De acordo com a secretária especial do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), Martha Seillier, muitas privatizações podem acontecer no próximo ano. ‘Temos a expectativa que muitas delas aconteçam e se formalizam já em 2020. É o caso da Eletrobras”, que incluiu também na lista a Casa da Moeda, Serpro (Serviço Federal de Processamento de Dados), Dataprev, Ceagesp, CeasaMinas, Emgea e ABGF (Associação Brasileira Gestora dos Fundos Garantidores e Garantias). 

Dos 119 projetos listados, 56 são concessões, principalmente na área de transportes e energia, e 16 são privatizações (venda de controle ou desestatização).  

O PPI ainda tem 14 projetos de arrendamento, dois PPPs (parceria público-privadas), quatro investimento cruzado, seis prorrogações de contratos 12 licenciamento ambiental( incluindo quatro novas hidrelétricas) e parcerias para conclusão de obras inacabadas.  

Só neste ano, 29 projetos já foram transferidos para a iniciativa privada, incluindo dois aeroportos, 13 terminais portuários, incluindo, leilões de energia e de óleo e gás. além da concessão da ferrovia Norte-Sul e da BR 364/365 .

Na próxima quinta-feira (10/10), será realizado o leilão da 16ª Rodada de licitações de blocos exploratórios de petróleo e gás. Porém, é com um megaleilão( do excedente da cessão onerosa) marcado para seis de novembro é que o governo espera arrecadar R$ 106,5 bilhões.

Além da arrecadação com bônus de outorga, o governo esperar garantir com o leilão US$ 1 trilhão em investimentos ao longo dos próximos 35 anos.  “É o maior leilão de óleo e gás já feito no mundo em termos de potencial de exploração de petróleo, de recursos investidos e de arrecadação com as áreas”.

O Ministério da Economia informou que a União já levantou em 2019 R$ 96,2 bilhões em privatizações, desinvestimentos, concessões e venda de ativos neste ano. Mas o ministro não soube informar quanto do total efetivamente já entrou no caixa da União.

Com informações do G1

Comentários

Mais de Economia