Entretenimento

Coisinhas de Natal

diario da manha

Saber quem produz e como é produzido o que consumimos abre a pos­sibilidade de um maior con­trole a respeito do comércio que alimentamos. As grandes indústrias, tão longínquas e obscuras, não nos deixam ver como seu processo produtivo atinge o planeta, os animais e as pessoas. Neste sentido o Mercado das Coisas cria um espaço de ligação direta entre quem produz e quem compra.

O Mercado das Coisas realiza neste sábado, dia 16 de dezem­bro, das 15h às 20h, na Vila Cora Coralina, no centrão de Goiâ­nia, a edição “Então É Natal!”, fe­chando o calendário de ativida­des em 2017. Realizada todos os meses, a feira colaborativa vai reunir mais de 30 expositores goianienses que comercializam produtos de fabricação própria. Tem de tudo um pouco: rou­pas, acessórios, peças íntimas, produtos de beleza e decoração, além de prestação de serviços, atrações culturais e lazer.

Para quem vai partir para a maratona de compras de Natal ou ainda está em dúvidas sobre o que presentear, o evento é ide­al para quem está à procura de uma opção diferente, estilosa, ecológica e socialmente respon­sável. É também uma ótima op­ção de lazer para a criançada. Na programação haverá oficina de malabares e pula-pula, além de pintura facial com Mell Bastos. Todas as atividades são gratuitas.

As tendas de alimentação traz várias opções de saladas, porções, sanduíches, pizzas artesanais, bebidas, doces, ge­leias, bolos de pote e bombons recheados. O cardápio do Mer­cado das Coisas também traz opções veganas.

DIRETO DE QUEM FAZ

De acordo com Thaty Cunha, produtora do Mercado das Coi­sas, o evento tem como objetivo estimular o empreendedorismo local, proporcionando aos cria­dores/comerciantes um espaço de visibilidade aos seus produ­tos. “Nossa ideia é estimular nas pessoas o hábito de comprar di­retamente de quem faz. Adqui­rir produtos autorais e de exce­lente qualidade, estimulando quem está começando e quer fortalecer sua marca.”

Haverá também a partici­pação de brechós, que vão ao encontro de outra proposta do mercado: a de estimular o consumo consciente, com re­aproveitamento de peças. O evento também fortalece a tradição das feiras livres, tão populares na capital, além de incentivar o comércio de pro­dutos artesanais, veganos, ecologicamente corretos e

Outra preocupação da orga­nização do Mercado é o incen­tivo ao consumo de produtos ‘cruelty free’, que em português significa “livre de crueldade” e se aplica a produtos que não fo­ram testados em animais. Esses produtos vêm sendo muito pro­curados devido à progressiva conscientização dos consumi­dores sobre a evolução dos testes laboratoriais e buscando empre­sas responsáveis por utilizar mé­todos que visam abolir o uso de animais como cobaias.

Variedade de comidas nas tendas de alimentação com opções veganas
A ideia do evento é o fomento das produções locais
Serviços oferecidos para os pequenos também, como pintura facial
Consumo consciente e redução das agressões ao planeta têm prioridade no Mercado das Coisas

SERVIÇO

Evento: Mercado das Coisas

Data: dia 16 de dezembro (sábado)

Horário: das 15h às 20h

Local: Vila Cultural Cora Coralina (Rua 3, esq. c/ Av. Tocantins, Centro – Acesso pelas escada­rias da Rua 23, atrás do Teatro Goiânia)

Entrada: franca

Facebook:https://www.facebook.com/ events/147828322485806/

Mais informações: Thaty Cunha / Produtora fone: 9 8287-2005; Marília Noleto – jornalista (JP 2264-GO) F: 9-9929-5648

PROGRAMAÇÃO

Pula-pula (grátis)

16H: oficina de malabares (kids)

Pintura facial com Mell Bastos

 

Comentários

Mais de Entretenimento

10 de julho de 2019 as 09:38

HORÓSCOPO 10/07/2019

9 de julho de 2019 as 11:36

Cuphead vai se tornar série na Netflix

25 de maio de 2019 as 19:51

Atriz Lady Francisco morre no Rio