Entretenimento

Em sintonia com o fluxo da natureza

diario da manha

O globo terrestre é belís­simo. Possui uma gigantesca variedade de plantas e de ani­mais nos biomas pertencen­tes ao epinociclo da biosfera. Além disso, os oceanos e ma­res do talassociclo, com uma ictiofauna exuberante, molus­cos, crustáceos, mamíferos aquáticos e as algas do ficto­plancton, juntamente com a biodiversidade dos rios e lagos do limnociclo planetário inte­gram a magnífica teia da vida que se auto regula e se auto restaura, sobretudo, onde a es­pécie humana não interfere com atividades antrópicas de­letérias que acarretam polui­ção na água, no ar e no solo.

Embora a maioria dos se­res humanos ainda não este­jam conscientes das descober­tas da Mecância Quântica, ela revela que não há uma separa­ção limítrofe entre o organis­mo humano e o meio ambien­te. Resulta daí que a poluição no ar, na água e no solo há evidências moleculares até de micro partículas de plásticos em alguns alimentos que inge­rimos está sendo intercam­beada permanentemente com nossa estrutura corporal.

As evidências são gritantes, entretanto, a abordagem ade­quada para que o ser humano consiga uma melhor integra­ção com a natureza, de modo a não acelerar demasiadamen­te o desequilíbrio ambiental é preliminarmente tomar cons­ciência de que a biosfera se re­genera por si mesma, portanto, o mais significativo é aprender a trabalhar em sintonia com o seu fluxo.

 

Comentários

Mais de Entretenimento

9 de julho de 2019 as 11:36

Cuphead vai se tornar série na Netflix

25 de maio de 2019 as 19:51

Atriz Lady Francisco morre no Rio