Entretenimento

Melim lança seu primeiro EP

diario da manha

São três irmãos. Dois rapazes e uma ga­rota. Gêmeos, Dio­go e Rodrigo são os mais velhos. Gabi, a musa da casa, a caçula. Apesar dos laços de família te­rem, desde cedo, trans­formado a residência em Niterói (Rio de Janeiro) em um ambiente musi­cal, eles só passaram a tocar juntos há pouco tempo. Mas o sucesso da banda Melim foi imedia­to. Com um som que pas­seia pela surf music, reg­gae e pop, passando por outras influências, os ir­mãos acabam de assinar com a Universal Music e lançam, em 15 de de­zembro, um EP que tem como carro-chefe a can­ção Meu Abrigo. Uma tri­lha sonora perfeita para celebrar o verão.

Composta por Gabi e Rodri­go, a música celebra uma bela história de amor. “Desejo a você o que há de melhor / A minha companhia, pra não se sentir só / O sol, a lua e o mar / Passagem pra viajar / Pra gente se perder e se encontrar”, diz a inspira­da letra. “Vida boa, brisa e paz / Nossas brincadeiras ao entar­decer / Rir à toa é bom demais / O meu melhor lugar sempre é você”, continuam os irmãos, brincando com as vozes. A fai­xa ganhou um clipe, com di­reção de Thiago Calviño, que também estreia nessa semana. Tudo num estilo “good vibes”, perfeito para a nova estação chegar com tudo. Com produ­ção assinada por Rafael Ramos, o EP tem repertório inteiramen­te autoral. Além de Meu Abrigo, estão presentes Transmissão de Pensamento e Ouvi Dizer.

Se hoje os irmãos tocam a vida juntos, nem sempre foi as­sim. Até pouco tempo, mesmo compondo em parceria, cada um fazia seu trabalho indivi­dualmente. Gabi estreou aos 15 anos, cantando samba. Aos 16 gravou um CD em que mis­turava canções próprias com clássicos de Arlindo Cruz, en­tre outros bambas. O que mais chamava atenção, porém, eram as participações dos medalhões João Donato e Marcelo D2, dan­do um respaldo ao trabalho da jovem. Já os gêmeos estuda­ram Canto e aprenderam a to­car vários instrumentos desde pequenos. Violão, guitarra, pia­no, bateria, gaita e até acorde­om figuravam nas aulas. Como muitos, os dois começaram a se apresentar no colégio. “A gente sempre se ajudou em casa. Eu evoluí muito por conta das dicas deles e vice-versa”, conta Gabi.

Em 2015, tudo mudou. Os três se juntaram para tocar na Feira Nacional da Música, em Canela (RS), onde foram vistos e aplaudidos por muita gen­te que importa na classe ar­tística. Perceberam que, uni­dos, tinham mais força ainda. O sobrenome da família virou o nome da banda. E foi assim que, no ano seguinte, eles pas­saram pelo palco do progra­ma SuperStar, obtendo 93% de aprovação, um recorde.

Apesar da idade (Gabi está com 22 e os gêmeos, 24), os irmãos já tiveram músicas lançadas por gigantes da in­dústria. Olha a lista: Ivete San­galo e Luan Santana (juntos em Zero a Dez, mas Luan gra­vou ainda Amor de Interior), a dupla Jorge e Mateus em feat com Psirico (Outras Flores) e Sorriso Maroto (Ela Não é Você). Até o MC Sapão já em­barcou no som deles, com a canção Mídia. Nomes tão dis­tintos não surpreendem quem conhece o trabalho dos Me­lins. “A gente gosta de tudo, de reggae, de pop. Sempre fize­mos misturas”, explica Diogo.

O lançamento do EP vem para coroar essa ótima fase. Com shows cada vez mais con­corridos, sucesso nas redes so­ciais (o clipe de Avião de Papel tem mais de 3 milhões de visua­lizações) e músicas sendo dispu­tadas por grandes nomes, os ir­mãos Melim estão prontos para deixar o verão 2018 mais sabo­roso. Que Meu Abrigo se torne o melhor abrigo da estação.

 

tags:

Comentários

Mais de Entretenimento

9 de julho de 2019 as 11:36

Cuphead vai se tornar série na Netflix

25 de maio de 2019 as 19:51

Atriz Lady Francisco morre no Rio