Entretenimento

Espetáculo Ophelia de volta aos palcos

diario da manha
CRÉDITO DA FOTO: CIDA CARNEIRO

O mais recente espetáculo da Anthropos Cia de Arte, Ophelia, está de volta. Depois de estrear em dezembro de 2017, o grupo se pre­para para nova temporada nos dias 12, 13, 19 e 20 de abril de 2018, no Espaço Sonhus. Todas as apresen­tações ocorrem às 20h, com entra­da gratuita. Ophelia possui fomen­to da Lei Goyazes e Lei Municipal de Cultura.

O universo feminino e a repre­sentatividade da mulher na socie­dade e na dramaturgia são temas abordados em Ophelia. A ideia nas­ce da personagem escrita por Wil­liam Shakespeare em Hamlet, uma mulher que parece perfeita, mas que se vê privada de amor e mergu­lha em sua própria loucura.

A nova versão da Anthropos Cia de Arte nos faz questionar sobre o que Ophelia representa nos dias atuais. Uma história que se entre­laça na história de várias mulheres ao redor do mundo. A começar pe­las atrizes. Lizandra Olvrak, Juliana Junqueira e Aline Isabel dão vida a uma mesma personagem, cada qual carregando consigo experiên­cias e questionamentos diversos sobre desafios, dores, angústias e prazeres do universo feminino.

Outra mulher, Ludmilla Olivei­ra, foi uma das pessoas que pre­senciaram a primeira temporada do espetáculo e ressalta o valor do feminino em Ophelia: “Em tudo que move nosso olhar e nos acio­na os sentidos, na história que se revela quadro a quadro diante de nós, está a mulher. Medo, paixão, amor, beleza, prazer, dor, glória e poesia. Assistir esta montagem de Ophelia foi um presente”.

PARTICIPAÇÃO CRIATIVA DO PÚBLICO

A encenação de Ophelia explora os limites expressivos do teatro, da dança, da performance e das artes visuais. As fronteiras artísticas são diluídas e transgredidas para com­por um mosaico de imagens sen­síveis, capaz de proporcionar uma experiência estética única e exci­tante. “Acreditamos que a partici­pação criativa do espectador per­mite que sua percepção da obra seja baseada numa postura ques­tionadora e crítica. E para que isso ocorra é necessário deslocar as for­mas habituais de recepção do tea­tro”, comenta Constantino Isidoro, diretor do espetáculo.

O texto autoral foi produzido em conjunto pelos integrantes da An­trhopos Cia de Arte após extensa pesquisa. Com direção de Constan­tino Isidoro e assistência de direção de Arilton Rocha, Ophelia possui fomento da Lei Goyazes e Lei Mu­nicipal de Cultura.

OPHELIA

Datas: Quintas e sextas

12 e 13 de abril

19 e 20 de abril

Horário: 20h

Local: Espaço Sonhus

Endereço: Rua 21, nº 10, St. Central, Goiânia – GO

Classificação: 16 anos

Entrada gratuita

 

Comentários

Mais de Entretenimento

9 de julho de 2019 as 11:36

Cuphead vai se tornar série na Netflix

25 de maio de 2019 as 19:51

Atriz Lady Francisco morre no Rio