Entretenimento

Hoje na História

diario da manha
Bandeira do Arditi del Popolo, organização antifascista de Civitavecchia. Mostra um machado cortando o fasces (símbolo adotado pelo fascismo)

ACONTECIMENTOS HISTÓRICOS:

33 a.C. – Lúcio Márcio Filipo, meio-irmão do futuro imperador Augusto, comemora um triunfo por suas vitórias no período em que ser­viu como governante em uma das províncias da Hispânia.

395 – Imperador Arcádio casa com Élia Eudóxia, filha do general franco Bautão. Ela se torna uma das mais poderosas imperatrizes roma­nas da Antiguidade tardia.

629 – Charbaraz é coroado rei do Império Sassânida.

711 – Conquista islâmica da His­pânia: soldados mouros, comanda­dos por Tárique, desembarcam em Gibraltar para dar início à invasão da Península Ibérica (Al-Andalus).

1296 – Primeira Guerra de In­dependência da Escócia: o exér­cito escocês de João Balliol é der­rotado por um exército inglês na Batalha de Dunbar. – A Primeira Guerra de Independência da Es­cócia foi a primeira etapa de uma série de guerras entre a Escócia e a Inglaterra, a partir de 1296 até que a independência escocesa ser, de jure, restaurada pelo Tratado de Edimburgo-Northampton de 1328. A independência de facto já tinha sido conquistada em 1314 após a batalha de Bannockburn. O confli­to começou quando o rei escocês, Alexandre III, faleceu sem deixar herdeiros, levando a uma disputa sucessória. Eduardo I da Inglater­ra foi convidado a se tornar árbitro da questão de sucessão e instaurou o rei João Balliol no trono, porém ele exigiu que a Escócia se tornasse seu reino vassalo. Os escoceses não aceitaram e iniciaram uma guer­ra para restabelecer sua posição como uma nação independente. O termo “guerra de independência” não foi usado na época. Este nome foi dado de forma retroativa, sécu­los mais tarde, após a Guerra de In­dependência dos Estados Unidos tornar este termo popular.

1522 – Forças conjuntas da Es­panha e dos Estados Papais derro­tam um exército francês e venezia­no na Batalha de Bicocca.

1570 – Papa Pio V declara Isabel I de Inglaterra uma herege.

1805 – Guerra de Trípoli: o Cor­po de Fuzileiros Navais dos Estados Unidos e os berberes atacam Derna.

1905 – Inauguração da Expo­sição Universal em Liège. – A Ex­posição Universal de 1905 foi uma feira mundial que aconteceu em Liège, na Bélgica entre 27 de abril a 6 de novembro de 1905 somente 8 anos após outra feira mundial na Bélgica, em Bruxelas. Com o intui­to de mostrar a importância indus­trial de Liège e também de come­morar 75 anos da Independência da Bélgica e 40 anos do reinado de Leopoldo II da Bélgica.

1940 – Inauguração do Estádio Municipal Paulo Machado de Car­valho em São Paulo.

1941 – Segunda Guerra Mundial: as tropas alemãs entram em Atenas.

1945 – Segunda Guerra Mun­dial: Benito Mussolini é captura­do pela resistência italiana em Dongo, quando tentava fugir dis­farçado de soldado alemão. – A Resistência italiana (em italiano, Re­sistenza italiana ou partigiana) foi um movimento armado de oposi­ção ao fascismo e à ocupação da Itália pela Alemanha Nazista, bem como à República Social Italiana– fundada por Benito Mussolini, em território controlado pelas tropas alemãs – durante a Segunda Guerra Mundial. A Resistência italiana en­quadra-se historicamente no fenô­meno europeu mais amplo de re­sistência à ocupação nazista. Como movimento armado, baseado em uma estratégia de guerrilhas, sur­ge quando a Itália é invadida pela Alemanha, após o estabelecimen­to do Armistício de Cassibile (8 de setembro de 1943, entre a Itália e os Aliados. Muitos,[quem?] entretanto, consideram que a Resistência Italia­na já existisse desde 1922, quando tem início a ascensão do fascismo. Seus membros eram conhecidos como partigiani. Após a rendição das tropas alemãs, o movimento se dissolveu, em abril de 1945. Calcula­-se que tenham participado da luta armada da Resistência mais de 300 000 pessoas – das quais, cerca de 35 000 eram mulheres – de tendências políticas diferentes e às vezes an­tagônicas. Havia católicos, comu­nistas, liberais, socialistas, monar­quistas, anarquistas, entre outros. Os partidos que participavam da Resistência, reunidos no Comitê de Liberação Nacional (CLN), consti­tuiriam mais tarde os primeiros go­vernos do pós-guerra. Na Resistên­cia estão as origens da República Italiana. A assembleia constituinte, eleita em 1946 foi majoritariamen­te composta pelos partidos do CLN, que elaboraram a constituição da República Italiana, inspirada nos princípios da democraciae do an­tifascismo. Em 2 de junho de 1946, um referendo resultou na abolição da monarquia e na instalação de uma república, com a adoção da nova constituição em 1 de janei­ro de 1948.

1960 – Togo ganha a indepen­dência da administração francesa do Protetorado das Nações Unidas.

1961 – Serra Leoa se torna inde­pendente do Reino Unido, com a nomeação de Milton Margai como primeiro-ministro.

1967 – Inauguração oficial da Expo 67 em Montreal, Quebec, Canadá com uma grande cerimô­nia de abertura transmitida para todo o mundo. É aberta para o pú­blico no dia seguinte. – A Expo 67 ou Exposição Mundial de 1967 rea­lizou-se na cidade de Montreal no Canadá. A Expo 67 originalmen­te era prevista para Moscovo, para comemorar os 50 anos da União Soviética, mas em 1962 os soviéti­cos mudaram de ideias e surgiu de imediato a candidatura da cidade de Montreal, que foi aceite. A parte principal do recinto foi feito na ilha de Santa Helena e na Ilha de Notre Dame. A Expo 67 abriu a 28 de abril de 1967, contendo 90 pavilhões. Um evento notável da Expo 67 é o Fes­tival Mundial do Entretenimento, com ópera, ballet e teatro, orques­tras, grupos de jazz, grupos musi­cais pop canadianos e outros even­tos culturais. Mais de 50 milhões de pessoas visitaram a exposição, esta­belecendo o recorde de assistência de uma Exposição Mundial, que ainda não foi batido. Depois do en­cerramento tentou-se preservar o Pavilhão do Homem e o seu Mun­do, mas o número de visitantes de­cresceu. Em 1975 a área da Ilha de Notre Dame foi reconstruída para acolher os Jogos Olímpicos de 1976.

1981 – Xerox PARC apresenta o mouse.

1986 – A cidade de Pripyat e seus arredores são evacuados, devido ao desastre de Chernobil.

1996 – Término da Operação Vi­nhas da Ira.

2006 – Início da construção da Freedom Tower no local do anti­go World Trade Center na cida­de de Nova Iorque. – One World Trade Center (World Trade Center 1), mais conhecido simplesmente como WTC 1 e anteriormente co­nhecido como Freedom Tower (em português: Torre da Liberdade), é o edifício principal do novo com­plexo do World Trade Center em Lower Manhattan, em Nova York, Estados Unidos. A torre fica locali­zada no lado noroeste do local do World Trade Center e ocupa o local onde o antigo 6 World Trade Cen­ter já esteve localizado. O lado nor­te da torre fica entre a intersecção das ruas Vesey e West a noroeste e no cruzamento das ruas Vesey e Washington a nordeste, com o lo­cal da Torre Norte/1 WTC origi­nal ao sul. As obras de construção das fundações do edifício come­çaram em 27 de abril de 2006. Em 30 de março de 2009, a Autoridade Portuária confirmou que o edifício será conhecido pelo seu nome le­gal (One World Trade Center), em vez do nome coloquial (Freedom Tower).[1] Após a sua conclusão, em 2014, o One World Trade Cen­ter se tornou o edifício mais alto nos Estados Unidos, exclusivo para escritórios, estando a uma altura simbólica de 1.776 pés (541,3 m), e entre os edifícios mais altos do mundo. Junto com a One World Trade Center, o novo World Tra­de Center contará com outros três edifícios de escritórios ao longo da rua Greenwich e do National Sep­tember 11 Memorial & Museum. A construção é parte de um esforço para lembrar e reconstruir o com­plexo original do World Trade Cen­ter que foi destruído durante os ata­ques de 11 de setembro de 2001.

2011 – Uma série de tornados de 25 a 28 de abril devasta partes da Região Sudeste dos Estados Unidos, especialmente os estados de Alabama, Mississippi, Geórgia e Tennessee. Somente neste dia, duzentos e cinco tornados ma­taram mais de 300 pessoas e fe­riram centenas. – Uma onda de tornados atingiu vários estados do sul, centro-oeste e leste dos Esta­dos Unidos, entre 25 de abril e 28 de abrilde 2011, provocando gran­de destruição, especialmente no Alabama. Também os estados de Arkansas, Geórgia, Mississipi, Ca­rolina do Norte, Tennessee e Virgí­nia, entre outras áreas do sul e do leste do país, do Texas a Nova York, foram afetados.[1][2] No dia 27 de abril registrou-se a maior quanti­dade de tornados já ocorrido nos Estados Unidos, desde o Super Ou­tbreak de 3 de abril e 4 de abril de 1974. Mais de 425 tornados foram relatados em quatro dias, incluindo 259 em 16 estados, em 27 de abril. [4] Na noite de 27 de abril, o presi­dente Barack Obama decretou es­tado de emergência no Alabama, onde cerca de 36 pessoas morreram na cidade de Tuscaloosa, uma das mais devastadas do estado. Calcu­la-se que um milhão de pessoas es­teja sem energia no Estado, e o go­vernador Robert J. Bentley afirmou que o número total de mortos deve aumentar à medida que as equipes de resgate cheguem às áreas atingi­das. Equipes da Guarda Nacional dos Estados Unidos foram envia­das ao Alabama para ajudar nos es­forços de resgate, que contam com a participação de equipes de emer­gência e 2 mil soldados. Segundo um balanço feito em 30 de abril, 342 pessoas morreram em seis estados, em decorrência da série de torna­dos e tempestades. Houve pelo me­nos 254 mortos no Alabama, 34 no Tennessee, 33 no Mississipi, 15 na Geórgia, 5 na Virgínia e um no Ar­kansas. O dia 27 de abril foi o tercei­ro mais letal já registrado nos EUA– depois das tempestades de 18 de março de 1925, quando 747 pes­soas morreram no Missouri, em Il­linois e Indiana, e do tornado de Tu­pelo-Gainesville, que causou mais de 436 mortes, em 1936.

2014 – Os papas João XXIII e João Paulo II são canonizados e se tor­nam santos da Igreja Católica.

Cartaz da A Exposição Universal de 1905

Comentários

Mais de Entretenimento

10 de julho de 2019 as 09:38

HORÓSCOPO 10/07/2019

9 de julho de 2019 as 11:36

Cuphead vai se tornar série na Netflix

25 de maio de 2019 as 19:51

Atriz Lady Francisco morre no Rio