Entretenimento

Mais de uma década de música

diario da manha

O primeiro grupo de coco goia­no celebra, neste mês, 12 anos de existência. Passarinhos do Cer­rado também comemora, neste abril, 10 anos do primeiro show de coco. Para celebrar, eles farão um show no evento “Domingo no Cir­co” convidando os índios Fulni-ô de Águas Belas (PE), que também farão um show de samba de coco. O evento acontece no Circo Lahe­tô neste domingo (15/4), às 15 ho­ras. A entrada custa R$ 10.

Os Fulni-ô são guardiões do toré, ritmo indígena que dá base ao coco, ritmo afro-indígena. Eles também participaram da grava­ção do DVD do Passarinhos no último ano. Neste show, eles apre­sentarão o samba de coco. A pre­sença indígena na pesquisa e no trabalho do grupo é intensa e maior expressão no segundo ál­bum “Origens”, que carrega quatro faixas com maior alusão aos po­vos originários brasileiros. O dis­co conta, ainda, com a participa­ção musical da etnia Krahô.

De 2008 para cá, o Passari­nhos lançou dois discos, “Coco de Folia” e “Origens”, tocou na África do Sul, nos principais festivais de cultura popular do País e em mais de 15 cidades Brasil afora. Neste ano de ani­versário, eles vão lançar seu primeiro DVD gravado no ano passado durante o Encontro de Culturas da Chapada dos Vea­deiros. Eles também celebram a chegada do “Origens” às pla­taformas digitais. O álbum está disponível no Deezer, Spotify e Itunes desde o último mês.

SERVIÇO:

Passarinhos do Cerrado celebra 12 anos – show no “Domingo no Circo” com indígenas Fulni-ô

Local: Circo Lahetô

Data: 15/4, domingo

Horário: A partir das 15 horas

Ingresso: R$ 10

 

Comentários

Mais de Entretenimento

9 de julho de 2019 as 11:36

Cuphead vai se tornar série na Netflix

25 de maio de 2019 as 19:51

Atriz Lady Francisco morre no Rio