Entretenimento

Como encarar a academia sem desistir

diario da manha

Pesquisas no mercado fit­ness mostram que o re­sultado físico é apenas um dos fatores que determinam a captação e retenção do clien­te de uma academia. Cada vez mais as pessoas têm ido atrás de boas experiências e de am­pliar seu contato social, bus­cando sentir-se parte de uma comunidade. Sendo assim, um dos primeiros pontos a se pen­sar quando se gere uma acade­mia é qual nível de experiência está sendo entregue aos alunos, que nada mais é do que a soma­tória de todos os pontos de con­tato que eles têm com você e o seu espaço.

Essa soma pode ser positi­va ou negativa, e é determinan­te para ele permanecer ou não no seu negócio. Manter o clien­te interessado é um dos maiores desafios, por isso é fundamen­tal entender os principais moti­vos que o levam a desistir de fre­quentar uma academia e, assim, reverter este grande problema enfrentado por muitos gestores, que é a rotatividade de alunos.

“O consumidor atual não quer apenas adquirir um pro­duto ou serviço, ele quer ter uma experiência. Se ela for divertida, melhor ainda. Nesse sentido, os games deixaram de ser meros jogos e se transformaram em uma poderosa estratégia para atrair e reter clientes”, diz Fa­bio Mollica, triatleta e ciclista, líder mundial em equipamen­tos de ginástica comercial e de­tentora das marcas Life Fitness, Hammer Strength, Cybex, In­door Cycling Group (ICG), Sci­fit e Brunswick Billiards.

Essa tendência ganhou o nome de “Gamification”, ou Ga­mificação, em português, e nada mais é do que uma estratégia que usa as dinâmicas e mecâ­nicas de jogos para engajar pes­soas. De acordo com os auto­res do livro For the Win: How Game Thinking Can Revolutioni­ze Your Business, Kevin Werba­ch e Dan Hunter, a utilização de técnicas motivacionais tiradas dos jogos e a aplicação de ele­mentos e de conceitos próprios deles em contextos que não são de games fazem parte dessa ten­dência, assim como a criação de experiências envolventes. Eles defendem que pensar como um designer de jogos ajuda a moti­var clientes e cria experiências atraentes que podem transfor­mar diversos tipos de negócios. Como as experiências comuni­tárias e sociais são comumente associadas aos jogos e muitas pessoas querem brincar com outras, enfrentá-las e compar­tilhar essa vivência, a dimensão social constitui, quase sempre, uma parte significativa e impor­tante da gamificação.

E foi justamente estudando essa forte tendência e a busca por experiências marcantes em diversos segmentos do mercado, especialmente nos ambientes fitness, que a Life Fitness desen­volveu o ICG Connect, software do Indoor Cycling Group (ICG) que oferece diversos programas, percursos e recursos interconec­tados e compartilhados no com­putador da bicicleta do usuário, no tablet do instrutor e no mo­nitor de vídeo grande da sala. Pelo ICG Connect, os partici­pantes das aulas de ciclismo in­door pedalam com o grupo ou em batalhas entre os times para atingirem os objetivos da aula, vencerem disputas de equipe e baterem recordes pessoais.

“O ICG Connect é uma pla­taforma com uma grande va­riedade de ferramentas para o professor de ciclismo indoor aumentar a interação e o en­gajamento dos alunos na aula. Isso traz dois pontos positivos: o aumento na atenção ao fazer o exercício melhora os resultados físicos e a sensação de contri­buir para o resultado do grupo eleva o senso de equipe-comu­nidade”, explica Mollica.

E complementa: “Há quase 30 maneiras diferentes de pro­por desafios à turma e trazer a atenção do aluno ao que pre­cisa ser feito, com informações projetadas em tempo real. En­tre elas estão a opção de avaliar as métricas de performance individuais, a performance da sala como um todo e também de incentivar a turma a se unir para buscar uma meta propos­ta pelo professor. Outra possi­bilidade é abrir disputas entre times, ainda sem perder o sen­timento do trabalho em equi­pe, mas com uma certa com­petitividade.”

Desde 2015, com o lança­mento da IC7, o portfólio de bikes ICG já revolucionou o mercado no sentido de trazer a possibilidade de personali­zar a bicicleta para cada alu­no e, assim, fazê-lo se sentir parte da aula e capaz de atin­gir os objetivos. Com o slogan “United We Ride”, a ICG sem­pre buscou se colocar no mer­cado com soluções que criam o espírito de equipe no am­biente de aula. A criação do CoachbyColor, por exemplo, desde o início trouxe esse sen­so de comunidade e sociali­zação com muita força, já que permite personalizar as bici­cletas de cada aluno na aula, de acordo com seu nível de condicionamento, para que todos possam atingir as me­tas propostas pelo professor.

“Ao oferecer um momento lúdico, uma experiência única e memorável, é possível criar um ambiente inspirador nas academias, que estimule, mo­tive e engaje alunos de todos os níveis de condicionamen­to físico a se superar todos os dias, dar o melhor de si nas atividades, competir, se diver­tir e socializar. Ao tornar a roti­na deles um game, a experiên­cia com o seu fitness center se torna ainda mais rica e pode ser o diferencial nos resulta­dos para o seu negócio”, con­clui Fabio Mollica.

 

Comentários

Mais de Entretenimento

9 de julho de 2019 as 11:36

Cuphead vai se tornar série na Netflix

25 de maio de 2019 as 19:51

Atriz Lady Francisco morre no Rio