Entretenimento

Morre, aos 77 anos, o jornalista Paulo Henrique Amorim

diario da manha
Foto/Reprodução

Morreu na madrugada desta quarta-feira (10), o jornalista Paulo Henrique Amorim aos 77 anos. Ele faleceu em sua casa, no Rio de Janeiro, quando sofreu um infarto fulminante. Amorim havia saído para jantar com amigos na noite de terça-feira, segundo a esposa, Géorgia Pinheiro. Além da mulher, o jornalista deixa uma filha.

Um jornalista de muita história

Paulo Henrique Amorim estava na Record TV desde 2003. O jornalista estreou no jornal “A noite”, em 1961. Depois foi trabalhar em Nova York, como correspondente internacional da revista Realidade e, posteriormente, da revista Veja. Na televisão, passou pela extinta TV Manchete e pela TV Globo, também como correspondente internacional.

Em 1996, foi para a TV Bandeirantes, onde apresentou o “Jornal da Band”. Depois, foi para a TV Cultura. Em 2003, foi contratado pela TV Record, onde apresentou o “Jornal da Record”. Ajudou a criar a revista eletrônica “Tudo a Ver” na emissora. Depois, assumiu a apresentação do Domingo Espetacular, onde em junho deste ano, o jornalista foi afastado por causa de suas posições políticas contrarias à linha editorial da emissora.

Infarto Fulminante

O infarto fulminante, como o próprio nome sugere, é aquele que ocorre de repente, totalmente sem aviso. Esse tipo de infarto pode ser fatal, tanto que é uma das principais causas mundiais de morte súbita, como no caso do jornalista Paulo Henrique Amorim.

O infarto fulminante acontece quando existe a interrupção repentina do fluxo sanguíneo bombeado para o coração. A obstrução se dá porque uma placa de gordura aderida na parte interna do vaso acaba se rompendo. Quando a placa se rompe, ela libera substâncias altamente inflamatórias que bloqueiam a passagem do sangue.

Segundo a Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), a cada hora, 40 pessoas morrem em decorrência de doenças do coração. O órgão informou ainda que as doenças cardíacas chegam a atingir, por ano, mais de 300 mil vítimas. De acordo com um levantamento feito pelo instituto, as principais vítimas de infarto são homens e quase sempre com idade igual ou superior a 60 anos.

Comentários

Mais de Entretenimento

9 de julho de 2019 as 11:36

Cuphead vai se tornar série na Netflix

25 de maio de 2019 as 19:51

Atriz Lady Francisco morre no Rio