Entretenimento

Por plágio, compositor pede prisão preventiva de Wesley Safadão

diario da manha

Recentemente, Wesley Safadão foi processado por suposto plágio na música ‘Vaqueirinha Maltrata”. Agora, o compositor Jonas Alves decidiu prestar uma queixa-crime contra o cantor. As informações são do colunista Léo Dias, do Metrópoles. 

“Já aconteceu uma audiência de conciliação, mas o Wesley não colocou nenhuma proposta de acordo. Em seguida, ele fez uma contestação e uma defesa fajuta com mentiras”, disse Alves, se referindo ao sertanejo ter dito que ele queria apenas “enriquecer ilicitamente”.

Leia também: Andressa Suita comenta boato de gravidez com Gusttavo Lima: “Não passa nada”

A defesa de Jonas disse que pediu a prisão preventiva de Wesley Safadão porque essa não seria a primeira vez que ele é acusado pelo mesmo crime. De acordo com os advogados, ainda existe um terceiro caso de plágio contra o cantor sendo analisado.

Sobre as acusações de oportunismo feitas pelo artista, Jonas Alves rebateu: “O mocinho aqui sou eu, não ele. Quem está ganhando ilicitamente é ele. Safadão gravou uma música sem nenhuma autorização, eu acho que ele devia ter vergonha na cara”.

A música esteve presente no album ‘Diferente não, Estranho’, de 2018.

Leia também: Depois de 17 anos, Adriane Galisteu é contratada pela Record para apresentar ‘Power Couple’

Comentários