Home / Entretenimento

ENTRETENIMENTO

Influencer terminou curso de peeling de fenol 3 dias após morte, diz responsável pelas aulas

Henrique Silva Chagas, de 27 anos, morreu poucos minutos após realizar o procedimento estético na clínica de Natalia Becker.

Imagem ilustrativa da imagem Influencer terminou curso de peeling de fenol 3 dias após morte, diz responsável pelas aulas

Mais uma polêmica em torno da influenciadora que aplicou o 'peeling de fenol' em Henrique da Silva Chagas. A farmacêutica Daniele Stuart, responsável por um curso online sobre o procedimento, afirmou que Natalia Becker não tinha encerrado as aulas.

Em entrevista a Record, a mulher revelou que Becker só concluiu o curso de aplicação apenas cinco dias após a morte do empresário de 27 anos, que teve uma parada cardiorrespiratória e morreu no dia 3 de junho, dentro da clínica da profissional. “Natália Becker não terminou o meu curso, ela não realizou o meu curso. Tenho fatos e provas que ela concluiu meu curso dia 8, cinco dias após o acontecimento", disse.

Daniela afirmou que a influenciadora não tinha senso, conhecimento e formação nenhuma para realização de tal procedimento. "Qualquer profissional habilitado na área da estética sabe que não se faz nada em peles que estejam machucadas, escoriadas. É em pele íntegra, perfeita. Se Becker tivesse seguido realmente o que ensino, o passo a passo do meu curso, isso jamais teria acontecido", disparou.

Segundo ela, Becker esfoliou a pele do jovem e causou lesões que aumentaram "ainda mais a absorção fenol". Em um vídeo publicado em suas redes sociais, Stuart compartilhou um print veiculado na imprensa que mostra a vítima, Henrique Chagas, com a pele lesionada.

"Aqui uma foto da minha paciente retirada da videoaula em qual eu demonstro aplicação do peeling. Uma pele íntegra, aplicação [feita] com um cotonete, uma pequena quantidade para que não tenha risco nesse paciente. Diferente de Natalia, onde foi veiculado na mídia foto [da vítima] minutos antes da aplicação do fenol, onde ela faz a preparação da pele com esfoliação, lesionando, o que aumenta ainda ainda mais a absorção do fenol, que é cardiotóxico e hepatotóxico", acrescentou.

No entanto, a defesa de Natalia Becker nega e afirma que ela fez o curso em junho do ano passado, apenas o certificado do curso foi impresso no último dia 5 de junho, data em que a influenciadora se apresentou à polícia e prestou depoimento.

"Daniela Stuart e seu advogado promoveram alegações inverídicas e acusações precipitadas sem, ao menos, analisar o próprio impresso apresentado. Está claro que a data apontada refere-se, apenas, à data do último acesso à plataforma, e não da realização ou da conclusão do curso. O certificado de conclusão de Natália apresenta o dia 05/06/2024 apenas como data da impressão do documento", disse a advogada Tatiane Forte.

O assunto sobre o curso causou polêmica após a dona da clínica ter admitido, durante Fantástico do último domingo (9), que aprendeu a aplicar o peeling de fenol on-line, em um curso que durou cerca de um mês e tinha uma apostila de 43 páginas.


		Influencer terminou curso de peeling de fenol 3 dias após morte, diz responsável pelas aulas


Leia também:

  

edição
do dia

Capa do dia

últimas
notícias

+ notícias