Esportes

Entrosamento da dupla e da equipe resulta em vitória

diario da manha

Campeão nos anos de 2008 e 2013, o paulista Ricardo Maurício não poderia ter tido um melhor final de semana possível no início da temporada 2015 de Stock Car. Largando em terceiro, Ricardo procurou manter um desempenho consistente até a troca de pilotos com Nestor Girolami, seu convidado nesta corrida de duplas.

O argentino manteve a consistência e nos boxes graças ao grande trabalho da equipe Eurofarma RC, ganhou a primeira colocação e de lá não saiu mais, garantindo os primeiros 12 pontos para Ricardo Maurício. Ricardinho, como é chamado entre os pilotos exaltou o ótimo final de semana que teve na pista, elogiando a consistência do carro da equipe EuroFarma.

“Não poderia ter sido melhor esse final de semana, começando a temporada ganhando uma corrida. Mas eu acho que o principal foi que a gente iniciou uma pré-temporada muito boa em Curitiba, saímos com o segundo lugar no final de semana dos treinos, então a gente conseguiu ter um bom acerto, começar a temporada forte e competitiva. No ano passado, foi um ano muito difícil para todos nós da equipe Eurofarma, não só para mim como o Max também e esse ano a gente começou com pneus novos, construções diferentes e o nosso carro se adaptou muito bem a esse tipo de pneu”, falou o paulista.

Ricardo Maurício também foi só elogios ao seu convidado, Nestor Girolami. O argentino foi bastante elogiado pelo paulista, principalmente pelo ritmo colocado quando assumiu o “cockpit” do carro número 90.

“A corrida dele foi excepcional. Na parada de box, foi excepcional. E o ritmo dele foi muito forte. A gente não conseguiu ligar o rádio, então se comunicava por placa para falar do push. Ele achou que a corrida fosse por voltas, por isso nem comemorou. A gente tinha feito um cálculo de que devia ter 35 voltas” elogiou.

Já Girolami também foi só elogios a Ricardo Maurício. O argentino considerou um sonho disputar uma corrida de Stock Car, considerando Ricardo Maurício um grande companheiro que pôde entregar um carro em condições para disputar a vitória.

“É um sonho para mim. Sabia que era uma corrida muito importante, com ex-pilotos de F1. O Ricardo é muito profissional, aplicado. Vim para cá antes para conversar com o Meinha, todos os mecânicos, e foi importante isso para chegar ao fim de semana com tudo certo. Mas tive um grande companheiro, que fez tudo muito bem na largada, pôde superar o carro vermelho, depois o Marcos e me entregar o carro na ponta. Consegui religar o carro, que estava em primeira marcha e dei a partida”, finalizou.

 

 

1ª ETAPA DO CAMPEONATO BRASILEIRO DE STOCK CAR TEMPORADA 2015

 

1 – Ricardo Maurício/Nestor Girolami – Eurofarma RC – Chevrolet – 35 voltas em 52:32.719

2 – Marcos Gomes/Mark Winterbottom – Voxx Racing Team – Peugeot – a 6.892

3 – Allam Khodair/Antonio Felix da Costa – Full Time Sports – Chevrolet – a 18.475

4 – Cacá Bueno/Pechito Lopez – Red Bull Racing – Chevrolet – a 18.742

5 – Thiago Camilo/Lucas Di Grassi – Ipiranga-RCM – Chevrolet – a 19.102

6 – Max Wilson/Vitor Meira – Eurofarma RC – Chevrolet – a 19.766

7 – Felipe Fraga/Alvaro Parente – Voxx Racing Team – Peugeot – a 19.880

8 – Valdeno Brito/Laurens Vanthoor – Shell Racing – Chevrolet – a 25.577

9 – Rubens Barrichello/Ingo Hoffman – Full Time Sports – Chevrolet – a 42.395

10 – Luciano Burti/Jaime Algersuari – RZ Motorsport – Chevrolet – a 45.797

11 – Julio Campos/Nicolas Prost – Prati-Donaduzzi – Peugeot – a 46.930

12 – Galid Osman/Beto Monteiro – Ipiranga-RCM – Chevrolet – a 50.193

 

 

CLASSSIFICAÇÃO DE PILOTOS:

 

1 – Ricardo Maurício – 12

2 – Marcos Gomes – 11

3 – Allam Khodair – 10

4 – Cacá Bueno – 9

5 – Thiago Camilo – 8

6 – Max Wilson – 7

7 – Felipe Fraga – 6

8 – Valdeno Brito – 5

9 – Rubens Barrichello – 4

10 – Luciano Burti – 3

11 – Julio Campos – 2

12 – Galid Osman – 1

Comentários

Mais de Esportes