Esportes

Fiscal deve pedir suspensão do Barcelona

diario da manha
Atacante Neymar é o pivô da confusão em que o Barcelona se meteu (divulgação)

Da redação
A investigação da contratação de Neymar pelo Barcelona pode fazer com que o time catalão seja impedido de disputar o Campeonato Espanhol. Segundo o jornal Mundo Deportivo, o fiscal José Perals, responsável pelo inquérito, entrará nos próximos dias com o pedido para que o Barça fique inelegível para o torneio por uma ou duas temporadas, além da prisão de Sandro Rosell e Josep Bartomeu, ex-presidente e atual mandatário do clube, respectivamente.
Recentemente, o Barcelona sofreu um duro golpe durante a investigação, quando o juiz responsável pelo caso, Pablo Ruz, negou o pedido para transferir o caso para a Catalunha, em vez de Madri. Rosell, Bartomeu e o clube foram processados e terão que responder por delitos contra a Fazenda Pública. Calcula-se que a fraude fiscal gire em torno de 2,8 milhões de Euros (cerca de R$ 8,4 milhões). Rosell seria denunciado em três processos, e o Barça, em dois.
Neymar teria custado 94,8 milhões de Euros (82,7 milhões pela transferência e 12,1 milhões por impostos), embora o ex-presidente culé tenha garantido que a operação não passou de 57,1 milhões de Euros diante da Justiça, em julho passado (o Santos alega ter recebido apenas 17 milhões de Euros do montante). Bartomeu, por outro lado, seria o responsável pelo não pagamento do Imposto sobre a Renda das Pessoas Físicas (IRPF, em espanhol), em 2014. Devido ao caso, Rosell deixou a presidência do clube em janeiro do ano passado.

Comentários

Mais de Esportes