Esportes

Frontini passeia em Itaberaí

diario da manha
Atacante argentino dribla o goleiro para fazer o primeiro de seus quatro gols na partida (joão paulo di medeiros)

Atacante faz quatro gols e comanda goleada impiedosa para cima do time interiorano. Colorado dispara na ponta

João Paulo Di Medeiros Da editoria de Esportes

Com show do atacante Frontini, autor de quatro gols, o Vila Nova não tomou conhecimento do Itaberaí e goleou por 4 a 0, ontem, no Estádio Rio das Pedras, em Itaberaí. O time colorado chegou aos 11 pontos e se isolou ainda mais na liderança do Grupo A da Divisão de Acesso do Campeonato Goiano.
Sem muita resistência do adversário, o Vila Nova não teve muitos problemas para construir a goleada em Itaberaí. Contando com erros da defesa, e com o quarteto composto por Mateus Anderson, Robston, Diego Palhinha e Frontini afiado, o Tigre conseguiu os gols com Frontini indo às redes quatro vezes.
O argentino é o artilheiro isolado da competição com oito gols. Seis deles anotados sobre o Itaberaí. Essa foi a primeira vez que o atacante marcou quatro gols em uma só partida.
O Vila Nova só volta a campo no próximo domingo, dia 22 de março, às 16h (de Brasília), no Serra Dourada para enfrentar o Anápolis. O Itaberaí, por sua vez, atua na próxima terça-feira, em Anápolis, onde enfrenta o Galo, no Jonas Duarte, às 20h30 (de Brasília).

O JOGO
Não demorou para o Vila Nova mostrar que era superior no Estádio Rio das Pedras. O Itaberaí não conseguia ultrapassar a linha do meio-campo e o Tigre notou isso rapidamente. Logo aos sete minutos, Mateus Anderson fez boa jogada e lançou Frontini dentro da área. O camisa nove driblou o goleiro Weide e abriu o placar.
Três minutos depois, Frontini teve nova oportunidade para balançar as redes, mas errou a finalização. Mateus Anderson também saiu cara a cara com o goleiro, mas foi abafado no lance. O Tigre era muito superior em campo e não demorou muito para ampliar o marcador no Rio das Pedras.
Aos 18 minutos, Robston cobrou falta na área e encontrou a cabeça do zagueiro Gustavo Bastos que testou firme para defesa parcial de Weide. Esperto, Frontini apareceu livre na pequena área para aproveitar o rebote e fazer seu segundo gol no jogo.
O terceiro saiu de uma jogada infantil da defesa do Itaberaí. Após recuo da defesa, Weide pegou a bola com a mão. O árbitro Roberto Giovanny assinalou a infração. Palhinha rolou para Robston que fez menção de chutar no gol, mas rolou para Frontini sozinho na pequena área. Era o terceiro do artilheiro.
Ainda restou tempo para o quarto gol de Frontini, aos 35 minutos. O camisa nove foi lançado em profundidade e bateu com a ponta da chuteira para vencer Weide. A bola beijou a parede da rede próxima da trave direita e morreu no fundo do gol. Era show do argentino-brasileiro em Itaberaí.
Na segunda etapa, com a vantagem elástica no placar, o Vila Nova tirou o pé do acelerador. O Itaberaí voltou um pouco mais organizado para o campo e conseguiu equilibrar um pouco mais a partida. Aos 18, Mateus Anderson experimentou da entrada da área e mandou no travessão.
O Itaberaí finalizou duas vezes, mas não levou muito perigo ao gol de Edson, que praticamente não trabalhou na partida frustrando a boa quantidade de itaberinos que estiveram nas arquibancadas.

Comentários

Mais de Esportes