Esportes

Mais do mesmo

diario da manha
Hamilton tira onda ao comemorar primeiro lugar no GP da Austrália (divulgação)

Flechas de Prata da Mercedes dominam primeira prova da temporada, e Hamilton vence em Melbourne

Da redação
A temporada de 2015 da Fórmula 1 começou da mesma maneira do que foi, em sua totalidade, no ano de 2014. As Mercedes mostraram que realmente vão sobrar em mais um campeonato. As Flechas de Prata dominaram o Grande Prêmio de Melbourne, na Austrália, e fizeram a primeira dobradinha do ano. Melhor para o inglês Lewis Hamilton, que levou a primeira colocação, seguido do alemão Nico Rosberg. Sebastian Vettel, da Ferrari, completou o pódio, enquanto os brasileiros Felipe Massa, da Williams, e Felipe Nasr, da Sauber, chegaram em sequência (4º e 5º, respectivamente).
A largada foi agitada. Lewis Hamilton saiu bem e manteve a liderança. Rosberg e Massa também seguiram em segundo e terceiro, respectivamente. Vettel e Raikkonen brigaram pela quarta posição e o finlandês foi obrigado a tirar o pé. Felipe Nasr, que fez ótima largada, vinha rápido logo atrás e acabou tocando na Ferrari e na Lotus de Maldonado, que rodou e bateu no muro. Na confusão, a Lotus de Grosjean também foi avariada e abandonou a prova. Com isso, o safety car entrou na pista. Sobraram apenas 13 carros.
Na relargada, Massa suportou a pressão de Vettel e se manteve em terceiro. Já Felipe Nasr conseguiu a ultrapassagem sobre Sainz Jr., da STR, e assumiu a quinta posição. Volta após volta, o brasileiro da Sauber suportava a pressão de Ricciardo e Kimi Raikkonen. E era o destaque do início da corrida. Enquanto isso, Lewis Hamilton liderava a prova com tranquilidade.
Na 17ª volta, Raikkonen foi o primeiro piloto das principais equipes a parar nos boxes. Ele perdeu tempo por causa de um problema no pneu traseiro. Sem sofrer tanto com o desgaste dos pneus como na última temporada, Felipe Massa parou na 22ª volta. Fez um ótimo pit-stop de 3s. Mas retornou para a pista atrás de Ricciardo e acabou perdendo toda uma volta para conseguir a ultrapassagem. Com isso, Vettel conseguiu ganhar a posição do brasileiro após a troca de pneus. Felipe Nasr também não se deu bem e perdeu o quarto lugar para Raikkonen, que colocou pneus macios, quando voltou para a pista.
A 15 voltas para o fim da prova, a principal briga na pista era entre Felipe Nasr e Ricciardo. A distância entre os dois não era superior a 1s. Mas o piloto da RBR não conseguia a ultrapassagem. Com os desgastes dos pneus, o brasileiro conseguiu abrir vantagem e teve mais tranquilidade na parte final da prova.
Lá na frente, Lewis Hamilton administrava a vantagem de 2s que tinha sobre Nico Rosberg durante toda a prova. Os dois pilotos da Mercedes não chegaram a brigar pela primeira posição em nenhum momento da corrida. Já Felipe Massa buscava tirar a vantagem de Vettel. Conseguiu diminuir para 2s8. Mas não passou disso.

Comentários

Mais de Esportes