Esportes

Dragão volta a treinar com derrotas na mala

Álvaro de Castro,Da editoria de Esportes

diario da manha

O Atlético retornou as atividades após o retorno a Goiânia. No último sábado, o Dragão foi derrotado pelo Ceará. Na tarde de ontem, Marcelo Martelotte começou a esboçar o time que vai entrar em campo pelo jogo decisivo da Copa do Brasil. A parada dura é diante o América de Natal. No 1º jogo, o rubro-negro sofreu uma dura derrota por 4 a 2. Para o jogo da volta, apenas a vitória por dois ou mais gols de diferença dão a classificação. A partida vai ser amanhã (20), no Estádio Serra Dourada, às 19h30.

Notícia boa para o torcedor atleticano é o retorno de Murilo aos treinamentos. O atleta não disputa uma partida oficial desde o retorno do Atlético após a eliminação do Campeonato Goiano. Na oportunidade, o ala foi o destaque da vitória diante do Coruripe, que deu a vaga para o Atlético. Com isso, a tendência é que Éder, titular nas últimas partidas, volte para o banco de reservas.

Porém, o retorno de Murilo não deve ser a única novidade para essa partida. Martelotte vai continuar mudando o time atleticano. A tendência é que Sergio Manoel e Thiago Primão retornem ao time titular. O treino fechado de hoje, pela manhã, vai servir para as últimas definições da equipe que vai para o jogo.

Martelotte não vai poder contar com Aílton, Arthur e Ayrton. Os dois primeiros já participaram da Copa do Brasil por outras equipes. Já o jovem Ayrton foi expulso no final do duelo contra o América. Sobre essas ausências, o técnico comentou: “A gente deixou o pessoal que jogou no sábado de fora desse treinamento. Nós vamos ter que usar uma equipe mais ofensiva, precisamos do resultado. As três mudanças irão acontecer por alguns motivos. Porém, mais alterações podem ocorrer”, frisou.

Na partida da ida, o Atlético fez um péssimo 1º tempo. Na 2ª etapa o time melhorou bastante. Martelotte destacou a importância da regularidade no Serra Dourada: “No último jogo contra o América, tivemos um tempo muito bom e, no outro, eles foram melhores. A oscilação é normal, difícil ver uma equipe que se destaque sempre. Precisamos ter mais equilíbrio, esse jogo de amanhã é uma ótima oportunidade para começarmos uma ascensão”, finalizou

Comentários

Mais de Esportes