Esportes

O melhor ataque é a defesa

Goiás segura o Palmeiras, em São Paulo, e consegue vitória em contra-ataque. Esmeraldino chega à vice-liderança

diario da manha

 

João Paulo Di Medeiros,Da editoria de Esportes

A estratégia foi mais uma vez executada com perfeição. Seguro na defesa e oportunista no contra-ataque, o Goiás venceu o Palmeiras, 1 a 0, ontem, em um Allianz Parque com quase 38 mil torcedores, e segue invicto no Campeonato Brasileiro Série A. O time esmeraldino chegou aos sete pontos na tabela de classificação.

Baseado em uma força defensiva, o Goiás começou muito bem o Campeonato Brasileiro e ainda não sofreu gols na competição. Mesmo pressionado, o time esmeraldino se comportou bem e foi premiado com um gol do volante Péricles após ótima jogada de Bruno Henrique, aos 31 do segundo tempo.

O Goiás volta a campo na próxima quarta-feira, 19h30 (de Brasília), no Serra Dourada, para enfrentar o Ituano, em jogo de volta da terceira fase da Copa do Brasil. Pelo Campeonato Brasileiro, o próximo adversário esmeraldino é o Grêmio, domingo, às 16h (de Brasília), no Serra Dourada. O Palmeiras enfrenta o ASA (AL) no meio de semana pela Copa do Brasil e o Corinthians no fim de semana, pelo Brasileiro.

 

O JOGO

Atuando diante do estádio lotado, quem começou melhor na partida foi o Palmeiras. Em bola alçada na área, o zagueiro Vítor Hugo cabeceou e exigiu defesa de Renan aos dez minutos. Apesar de ser matinal, o jogo começou com os ânimos bem exaltados. A resposta foi dois minutos mais tarde. Arthur bateu de virada e Fernando Prass teve trabalho para catar.

O ritmo seguia forte e o Palmeiras teve nova chance aos 20 minutos. Egídio lançou Leandro Pereira, o atacante dominou para finalizar, mas foi abafado por Renan. A posse de bola era maior da equipe paulista, mas o Goiás se defendia com segurança e esperava um erro palmeirense para contra-atacar.

No finalzinho do primeiro tempo, o lateral direito Lucas cruzou a bola na área e após desvio da defesa esmeraldina a bola quase entrou. Apesar de muita movimentação, o jogo foi para o intervalo com o placar em branco.

Para o segundo tempo, o técnico Hélio dos Anjos optou pela entrada do atacante Wesley no lugar de Erik. A tônica do jogo foi a mesma do primeiro tempo: o Palmeiras pressionava e o Goiás se defendia. Apesar disso, a primeira boa oportunidade criada foi do Goiás. Aos 14, a bola foi alçada na área e ficou à feição de Alex Alves, mas o zagueiro mandou sobre o travessão.

Um lance incrível quase deu o gol ao Goiás. Fernando Prass tentou sair jogando e perdeu a bola para Bruno Henrique. O atacante esmeraldino driblou o zagueiro e bateu rasteiro, mas Victor Ramos tirou a bola que ainda tocou em Prass e saiu para escanteio. A resposta do Palmeiras foi com o zagueiro Vítor Hugo que chegou a dominar a bola com o peito dentro da pequena área, mas Alex Alves afastou o perigo.

Aos 26, em nova bola alçada na área, Cristaldo cabeceou no contrapé de Renan e mandou a bola na trave esquerda. O time paulista tentava de todas as formas abrir o placar. Mas quem balançou as redes foi o Goiás.

Aos 31, Leandro perdeu a bola na intermediária e proporcionou contra-ataque ao Goiás Bruno Henrique desceu em velocidade e foi driblando todo mundo, com persistência, tirou Prass e rolou para trás. Péricles dividiu com o zagueiro Victor Ramos e mandou para o gol. Bruno Henrique foi comemorar o gol com a torcida e recebeu o segundo amarelo.

O Palmeiras se lançou ao ataque. Mas esbarrava em Renan. O goleiro estava inspirado e fez grande defesa em chute de Alan Patrick. O Goiás se segurou até o apito final e saiu de São Paulo com um grande resultado.

jogo

tags:

Comentários

Mais de Esportes